5 ex-prefeitos da região oeste do Pará lotados na Assembleia Legislativa, Alepa

Prédio da Alepa, em Belém, refúgio de ex-prefeitos

Todos foram prefeitos de municípios no oeste do Pará, um deles por duas vezes, Marcílio Picanço, de Terra Santa.

Em comum ainda, eles têm um outro fato que os une: são atualmente lotados na Alepa (Assembleia Legislativa do Pará), ganhando entre R$ 1,2 mil a R$ 4,1 mil.

Estão na Alepa por troca de favores. Quem os indicou está interessado, principalmente, em votos. No próximo ano, haverá eleição para renovação da Casa.

O site Jeso Carneiro listou 5 ex-prefeitos da região que estão na folha de pagamento da Alepa. Confira.

Adalberto Cabano Viana

1. Adalberto Viana da Silva. Cargo: secretário parlamentar

Município: Aveiro
Lotação: Gabinete do deputado Hilton Aguiar (SD)
Salário: R$ 1.270,10
Cargo: Secretário parlamentar

Marcílio Picanço

2. Marcílio Picanço. Cargo: redator

Município: Terra Santa
Lotação: Presidência da Alepa
Salário: R$ 4.164,26
Cargo: Redator DAS

Prefeito Marquinho Dolzane

3. Marquinho Dolzane. Cargo: assessor especial

Município: Juruti
Lotação: Presidência da Alepa
Salário: R$ 4.244,34
Cargo: Assessor especial DAS

Joaquim Nunes

4. Joaquim Vieira Nunes. Cargo: secretário parlamentar

Município: Prainha
Lotação: Gabinete do deputado Júnior Hage, do PDT
Salário: R$ 1.983,96
Cargo: Secretário parlamentar

eliene nunes, Itaituba

5. Eliene Nunes. Cargo: secretária parlamentar

Município: Itaituba
Lotação: Gabinete do deputado Júnior Ferrari, do PSD
Salário: R$ 2.356,95
Cargo: Secretária parlamentar

Leia também
Os 9 deputados do Pará financiados pela JBS

  • 158
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

12 Comentários em: 5 ex-prefeitos da região oeste do Pará lotados na Assembleia Legislativa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *