Igreja matriz de Belterra completa 75 anos de criação; frei Severino foi o 1º vigário
A segunda e atual construção da igreja matriz de Belterra 

A igreja matriz de Belterra, oeste do Pará, completa nesta terça-feira 75 anos de existência. Ele é foi criada por iniciativa do bispo dom Anselmo Pietrula, de Santarém.

Na época, Belterra fazia parte do município de Santarém.

A igreja de Santo Antônio de Pádua, padroeiro da cidade, teve como primeiro vigário, segundo o historiador e ex-prefeito Oti Santos, o frei Severino Nelles.

O também frei Tadeu Prost foi nomeado por como coadjutor.

A arquitetura atual da igreja não é a original, construída em madeira sob orientação dos frades norte-americanos que atuavam como missionários na região do rio Tapajós. 

Ela foi demolida e erigida a atual, localizada na Estrada 1 de Belterra.

Leia também:
O buraco é mais embaixo: vice-prefeito de Belterra foi exonerado da Semed

  • 4
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *