Após 5 anos de emissora, repórter é demitida da TV Tapajós nesta segunda-feira
Daína Aben-Athar estava desde 2014 na Tapajós

Jornalista com mais de 5 anos dedicados à TV Tapajós, afiliada da Rede Globo em Santarém (PA), Daína Aben-Athar foi dispensada nesta segunda-feira (6).

É a primeira demissão da área de jornalismo da emissora em 2020. Daína, 27 anos, não foi informada sobre os motivos de sua saída, sem aviso prévio.

Na TV, ela trabalhou como produtora, apresentadora e repórter.

 

Natural de Alenquer, onde iniciou sua carreira apresentando programas políticos, em 2012, Aben-Athar ingressou na Tapajós em 2014 a convite da jornalista Suelen Reis, então nº 1 do setor de jornalismo da emissora.

A TV Tapajós faz parte do Sistema Tapajós de Comunicação (STC), dirigido pela empresária Vânia Pereira desde a morte de seu pai, Joaquim da Costa Pereira, há quase 10 anos.

— LEIA também: Governo aprova projeto de mudança para FM da rádio Ponta Negra, de Santarém

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

8 Comentários em: Após 5 anos de emissora, repórter é demitida da TV Tapajós nesta segunda-feira

  • Foi demitida não, apenas puxaram seu tapete. Pois ela seria uma ameaça à chefia de jornalismo que apresenta uma merda.

  • Uma porta se fecha aqui outras se abrem mais a frente,; pela profissional que é e demonstrou neste período tenho certeza que logo encontrará novos desafios…Parabens pelo trabalho e sucesso em caminhada..

  • A meritocracia jornalística é um engodo no Brasil. Os ótimos são questionados e os razoáveis são aplaudidos

  • Tudo pela Débora Rodrigues.

  • Pura vdd a TV Tapajós precisa de repórteres competentes

  • Triste saber que um jornalista do seu porte em pleno 2020, ainda usa artimanhas para tentar denigrir a imagem da empresa. Se a jornalista foi demitida, não vemos razão para uma nota sobre tal situação.

    • Opinião é opinião. Acatamos. Mas vms continuar continuar veiculando informações como essas. Lembre-se: emissoras de rádio e TV neste país são concessões públicas.

  • E ficando os piores. Eu não sei quem disse que a Débora Rodrigues é apresentadora. Estão engando-a, ou ela está enganando

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *