Suplente de senador recebe proposta de compra da rádio e TV Guarany, de Santarém,  empresário
Dirceu Frederico, da área de mineração

Candidato a primeiro suplente de senador de Flexa Ribeiro (PSDB), Frederico Dirceu Sobrinho, 53 anos, recebeu proposta de compra da rádio e TV Guarany, afiliada da Record em Santarém.

Dinheiro não é problema para o empresário, que atua na área de mineração em Itaituba, fechar o negócio — ele declarou à Justiça Eleitoral neste ano que tem bens na ordem de R$ 20,2 milhões.

A questão é o produto: sucateado, atolado em paquidérmicas dívidas trabalhistas e, pior, com a dona exigindo ficar à frente da emissora caso o negócio seja fechado.

Uma outra empresa de comunicação no Pará também foi oferecida a Frederico Dirceu, sem que ele tenha batido o martelo para nenhuma até agora.

O Blog do Jeso apurou que, neste momento, o foco dele é ajudar a reeleger o tucano Flexa Ribeiro que, segundo as pesquisas, tem grandes chances de emplacar mais uma vitória nas urnas.

A Guarany chegou a ser vendida ao empresário Moacir Ciesca pela dona da emissora, Aparecida Serique, por cerca de R$ 3 milhões em 2011.

Ciesca pagou, mas não levou. O negócio virou escândalo de Justiçae de polícia.

Leia também:
Jader paga R$ 165 mil do cotão do Senado à empresa de sobrinho da ex-mulher

  • 12
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *