Ferry boat para até 800 passageiros fará rota Belém-Santarém; inaugura hoje
Ana Beatriz VIII pertence à Enasal

A Enasal (Empresa de Navegação Santana) inaugura neste sábado (20) a mais nova embarcação incorporada à sua frota: um ferry boat com capacidade para transportar até 800 passageiros e que fará a rota Santarém-Belém-Santarém.

Batizado de Ana Beatriz VIII, o ferry boat foi construído em Santarém, no Estaleiro Gamboa, em aço naval. Pode transportar 30 veículos.

 

Partirá de Santarém todos os sábados; e de Belém, às terças-feiras.

https://3.bp.blogspot.com/--mh0ePRRZEQ/XTMLyxeF-qI/AAAAAAAAcxE/vy2pN4powTgr3W-o7A2dJ3llwJssuHGywCLcBGAs/s1600/Ana%2B3.jpg
Uma das áreas para passageiros do Ana Beatriz VIII

É a 8ª embarcação da Enasal, que atua há cerca de 35 anos no mercado de cargas e passageiros na Amazônia, e que tem sede em Santarém.

O empresário Orlando Santana é quem comanda a empresa. Ney Santana, filho do empresário e vereador, é o diretor geral.

https://1.bp.blogspot.com/-Rz6mEnVCAyk/XTMLz9uzT8I/AAAAAAAAcxQ/xsbWD4yg4cA91w_DsDEx-CBYwxOk56zrACLcBGAs/s1600/Ana%2B4.jpg
Refeitório do ferry boat

— LEIA também: Linha Santarém-Itaituba terá nova opção de lancha rápida em janeiro

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

5 Comentários em: Ferry boat para até 800 passageiros fará rota Santarém-Belém; inaugura hoje

  • Onde verificamos valores e horários de saída de Belém?

  • Empreendedor nato esse caboco. Merece meu respeito

  • Quanto tempo de viagem?

  • No começo é tudo limpinho, blz, esperemos que continue assim, pelo menos bem conservado e limpo. Muitas embarcações que transportam passageiros pelos nossos rios são uma sujeira só, deêm uma olhada nos cantos, tetos cheios de poeira e teias de aranhas e outros insetos. Muitos banheiros são uma porcaria, com portas q não fecham, vasos sanitários com assentos quebrados e até sem papel higiênico. Tripulações porcas que jogam lixo e tudo que é porcaria não biodegradável nos rios. Agora, quem é pago pra administrar o Estado e Municípios e diversos órgãos com poder de fiscalizar e punir, não fazem patavinas, vivem pegando propina e coçando o saco.

  • Matéria feita pela metade!🙅

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *