• Não quer calar

    Jatene, Pablo e Von

    Jatene, Pablo e Von: tucanos e tucanos

    À mulher de César não basta ser honesta, tem de parecer honesta. No embalo dessa milenar expressão, o prefeito de Santarém, Alexandre Von (PSDB), terá a mesma coragem política do prefeito tucano de Rurópolis, Pablo Genuíno, que extirpou do seu governo todos os democratas ligados ao multiprocessado deputado federal Lira Maia (DEM), num gesto de apoio inquestionável à reeleição do governador Simão Jatene (PSDB)?

    Leia também:
    Blogueiros sabatinam governador Simão Jatene.

  • A arte dos interesses

    por Joaquim Onésimo F. Barbosa (*)

    Um dos conceitos que encontrei de POLÍTICA, além de ser “a ciência da governação de um Estado ou Nação”, é – e talvez seja ao que mais devotos se apegam para fazer o que fazem quando se tornam homens da política – “uma arte de negociação para compatibilizar interesses”.

    Interessante pensar que a política como arte – e é mais arte do que outra coisa – torna-se um meio de negociação, de manipulação, de desvirtuação, de troca, de apreço sem a abnegação do que o nome política – politká – aquilo que é público, permite que muitos possam entender como tal.

    Quando se fala em política, o senso comum leva-nos à beira do que é mais sórdido da convivência e da comercialização sociais: para muitos, a política torna-se sinônimo de malandragem, de falcatrua, de roubalheira, de corrupção, de trapalhadas de homens bem vestidos, que se dizem os representantes legítimos do povo, e o são de fato.

    Hannah Arendt, em seus escritos sobre política, destaca que, a política baseia-se na pluralidade dos homens, e certifica-nos “É surpreendente a diferença de categoria entre as filosofias políticas e as obras de todos os grandes pensadores – até mesmo de Platão. A política jamais atinge a mesma profundidade. A falta de profundidade de pensamento não revela outra coisa senão a própria ausência de profundidade, na qual a política está ancorada”.

    Leia Mais…

    Categoria: Artigos, Política
  • Olhar do leitor

    Foto: Demerson Mendes (*)
    Olhar do leitor. Foto: Demerson Mendes

    Balsa no crepúsculo

    * Santareno, é professor e fotógrafo profissional

    Veja também:
    Sob o embalo de duas velocidades internáuticas, de Demerson Mendes.
    Por do sol, de Tamara Saré.
    Festival Borari 2014, de Tamara Saré.
    Arco íris corta a Igreja da Matriz, de Auricélio Paulino.
    Orla da cidade de Prainha, de Wendell Medeiros.
    Por do sol em Alter do Chão, de Ádrio Denner.
    Arco íris na orla, de Alciane Ayres.

    - – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – -

    Participe você também dessa seção. Mande para o blog a sua fotografia. E-mail: jesocarneiro@gmail.com ou pelo Whatsapp: (93) 9141-3040.

    Categoria: Arte
  • Frase do dia

    “… temos um histórico de cooperação pela paz e ação pela paz internacional. Se há algum anão diplomático, o Brasil não é um deles”

    Luiz Alberto Figueiredo, ministro das Relações Exteriores do Brasil, ao rebater, ontem (24), as declarações do porta-voz da chancelaria de Israel que teria chamado o Brasil de “anão diplomático” ao criticar a decisão brasileira de chamar para consultas seu embaixador em Tel Aviv por causa do conflito na Faixa de Gaza.

  • Poeta do AM vai concorrer à Academia Brasileira de Letras

    O poeta amazonense Thiago de Mello concorre a uma das cadeiras vagas na Academia Brasileira de Letras (ABL).

    De acordo com a Folha de São Paulo, ele disputa a cadeira de João Ribeiro com o historiador Evaldo Cabral de Mello e o jornalista Zuenir Ventura.

    Apaixonado pelas palavras, o escritor encanta o país com obras como ‘Narciso Cego’, ‘A Lenda da Rosa’, ‘Os Estatutos do Homem’, ‘De uma Vez por Todas’ e ‘Mormaço na Floresta’.

    Thiago nasceu no município de Barreirinha (distante 331 quilômetros de Manaus) em 30 de março de 1926. Mas, antes de se tornar um renomado poeta, ele chegou a cursar medicina no Rio de Janeiro. Antes do sucesso, o amazonense passou por situações difíceis como a perseguição da ditadura militar em 1964.

    Na bagagem, Thiago traz poemas, prosas e até mesmo discos com suas obras. Países como Chile, Estados Unidos, Cuba, França e Portugal, receberam traduções dos trabalhos do poeta. Hoje, aos 88 anos, ele vive em Barreirinha.

    Leia Mais…

    Categoria: Amazonas, Arte
  • Foto do dia. Dilma no velório de Ariano Suassuna

    Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
    Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

    A presidente Dilma Rousseff (PT) esteve hoje (24) no velório do escritor e teatrólogo pernambucano Ariano Suassuna, que faleceu ontem (23), aos 87 anos de parada cardíaca.

    Leia também:
    Frase do dia.

    Categoria: Memória
  • Receita Federal versus Parque da Cidade

    por João David Mileo (*)

    Santarém não tem tradição na construção de novas praças (nem na conservação das antigas…). Aí surge o Parque da Cidade. Um lugar belíssimo, propício à prática de esportes, eventos diversos, convívio com a natureza, escola do parque etc.

    Bom seria se nos empenharmos mais no plantio de árvores frutíferas e os pássaros e pequenos animais apareceriam espontaneamente por lá.

    Seria um crime reduzirmos essa área com a construção do prédio da Receita Federal do Brasil. Repensar, talvez, aquelas casas da Aeronáutica nesse espaço tão privilegiado.

    Quando o nosso aeroporto era o “aeroporto velho” havia razão para elas estarem ali. Agora, o aeroporto esta a quilômetros da cidade, então…

    Santarém cresceu, se modernizou, já merece que se faça um estudo mais profundo para distribuição das áreas públicas. Por que não permutar essa área que a Receita Federal pleiteia com a área que a Seminfra utiliza na pista do antigo aeroporto?

    Leia Mais…

    Categoria: Artigos
  • Nova minissérie sobre obra de Suassuna sairá em 2015

    Globo - Blog do JesoO diretor de cinema e TV Luiz Fernando Carvalho anunciou nesta quinta-feira (24), ao passar pelo velório de Ariano Suassuna, no Recife, que fará mais uma adaptação para a televisão da obra do escritor, dramaturgo e poeta paraibano que morreu na tarde de quarta-feira (23) em consequência de um AVC hemorrágico.

    Carvalho diz estar adaptando “A História de Amor de Fernando e Isaura” para se tornar uma minissérie da TV Globo a partir de 2015.

    Ele era um dos poucos diretores autorizados por Suassuna a adaptar seus livros para a TV. O diretor já adaptou “A Farsa da Boa Preguiça”, “Uma Mulher Vestida de Sol” e “Romance da Pedra do Reino”.

    “Foi uma grande viagem de aprendizado, de troca de afeto, de conhecimento do país, da sua gente, de sua cultura”, afirmou Carvalho.

    Leia mais em Diretor prepara nova minissérie baseada em obra de Suassuna.

    Categoria: Arte, Memória
  • É “mais um ser encantado que parte”

    Valber AlmeidaProfessor universitário, Válber Almeida (foto) comenta o post Parada cardíaca mata o escritor Ariano Suassuna:

    Que perda!

    Como postei em meu Facebook, enfim, levaram nosso Ariano Suassuna.

    Em suas próprias palavras, ele “cumpriu sua sentença. Encontrou-se com o único mal irremediável. Aquilo que é marca de nosso estranho destino sobre a terra. Aquele fato sem explicação que iguala a tudo o que é vivo num só rebanho de condenados. Porque tudo o que é vivo, morre…”.

    Mais um ser encantado que parte deixando encantos ao nosso mundo.

    Valeu à pena, imenso Ariano!

    Categoria: Comentários, pessoas
Página 2 de 1.99212345...Última »

povos indígenas

Terras indígenas freiam aquecimento global

Florestas em terras indígenas abrigam 37,7 bilhões de toneladas de carbono em todo o mundo. Se fossem...

Educação e Cultura

Educação do Campo é reconhecido pelo MEC

O curso de graduação em Educação do Campo, ministrado em Marabá, campus da UFPA (Universidade Federal...
css.php