Relatório da mulher que denunciou Neymar de estupro cita hematonas e edema
Neymar nega as acusações

Em uma consulta médica realizada em 21 de maio, um gastroenterologista de um grande hospital de São Paulo relatou que a mulher que acusa Neymar de estupro apresentava hematomas nos glúteos, edema e se queixava de um “quadro de ansiedade”. A informação é do jornal O Globo.

No relatório médico da consulta, o profissional afirmou que a paciente relatou a ele um “estresse importante” ocorrido em 15 de maio, após “agressões físicas” provocadas por parceiro.

Nesta data, teria ocorrido o encontro entre a mulher e o atleta em um hotel de Paris.

O médico receitou comprimidos para gastrite e para a dor, pomada para os hematomas e aconselhou que a paciente procurasse outro profissional para tratar transtorno de ansiedade e depressão.

PERDA DE PESO

Na consulta, ainda de acordo com o relatório, a mulher mostrou fotos que tirou entre 15 e 19 de maio em que mostra lesões “do tipo arranhaduras, hematomas em absorção e estrias”.

Segundo o relatório, revelado nesta segunda-feira pelo “UOL” e confirmado pelo Globo, a paciente relatou estresse, perda de peso e de sono depois do dia 15 de maio, quando ocorreu o encontro entre ela e o atacante. O médico citou que a paciente relatou dores na região da bacia, estava “chorosa” e tinha “tremor de extremidade”.

Além deste relatório, outros dois documentos médicos feitos pela mulher devem ser apresentados aos policiais da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, onde o boletim de ocorrência da denúncia de estupro foi registrado.

Um deles é um exame ginecológico de rotina realizado antes da viagem. O outro é um exame pedido pela própria polícia logo após a denúncia, feito no Hospital Pérola Byington, referência em saúde da mulher no estado de São Paulo.

A comparação entre os dois exames, um feito antes e outro depois da viagem a Paris, podem sustentar a alegação feita pela mulher.

A delegada responsável pelo caso, Juliana Bussacos, afirmou que a investigação ainda está nos estágios iniciais e que corre sob sigilo, o que impede que ela dê entrevistas sobre o caso.

ASSESSOR GALO

A Polícia Civil do Rio de Janeiro abriu um inquérito contra o atleta da Seleção Brasileira pela exposição das imagens da suposta vítima. Nesta segunda-feira, o pai do atacante admitiu que o filho pode ter exposto a mulher, mas afirmou que um crime de internet seria melhor que a acusação de estupro.

Segundo boletim de ocorrência registrado na última sexta-feira, a jovem afirma que foi estuprada em 15 de maio no Hotel Sofitel Paris Arc Du Triomphe, em Paris. De acordo com ela, Neymar a convidou para encontrá-lo na capital francesa e seu assessor “Gallo” entrou em contato com a jovem na mesma data para fornecer as passagens e hospedagem.

A jovem afirma que Neymar chegou por volta das 20h no hotel, “aparentemente embriagado”.

Os dois começaram a conversar, trocaram “carícias”, até que em determinado momento Neymar se tornou agressivo.

“Mediante violência, praticou relação sexual contra a vontade da Vítima”, diz o BO. A jovem declarou ter retornado ao Brasil no dia 17 de maio. Afirmou que, por estar abalada emocionalmente, teve medo de registrar os fatos na França.

NEGATIVA DE AUTORIA

Na noite de sábado, Neymar se defendeu das acusações numa publicação em suas redes sociais.

Ele disse que está sendo vítima de extorsão e divulgou um vídeo com uma suposta troca de mensagens com a moça pelo WhatsApp. Nas imagens, há fotos íntimas que teriam sido enviadas a ele pela jovem.

“O que aconteceu nesse dia foi uma relação entre homem e mulher, dentro de quatro paredes, algo que acontece com todo casal. No dia seguinte não aconteceu nada demais, a gente continuou trocando mensagem. Ela me pediu uma lembrança do filho e eu ia levar. Agora fui pego de surpresa por causa disso. É muito ruim, muito triste, isso não só magoa a mim como toda a minha família. Não só denegrir a minha imagem é ruim, mas sim o que eu sou, quem eu sou, a índole que eu tenho, o caráter que eu tenho”, disse Neymar em suas redes sociais.

Pelo vídeo, é possível ver que a primeira conversa dos dois foi registrada dia 11 de março. Numa das mensagens, Neymar a convida para ir a Paris e se oferece para pagar a passagem dela e de uma amiga, para lhe fazer companhia.

“PULA EM CIMA DE MIM”

A jovem teria chegado à capital francesa na quarta-feira, dia 15 de maio. Neymar diz que tem um aniversário, mas que vai passar antes no hotel para lhe dar um beijo. Acrescenta que já está “meio bêbado”.

A jovem responde que deitou um pouco porque “a pressão caiu”, mas que ele pode entrar no quarto. E pediu: “pula em cima de mim”.

No mesmo dia, eles continuam trocando mensagens e Neymar escreve: “Claro que vamos transar de novo. Espero que hoje ainda”. A moça responde: “Vou dar umas voltas pela cidade. Tomar umas”.

No dia seguinte, a conversa continua. Ela pergunta: “Nego, tem de vir mais cedo hoje, porque amanhã não vamos conseguir encontrar”. Depois de algumas mensagens, ela terminar: “Vou dormir, tá? Você não vem e tá dando mancada”.

Com informações de O Globo

Leia também:
Eunice Sena: feminismo, ambientalismo e minha referência. Por Denise Peloso

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Relatório da mulher que denunciou Neymar de estupro cita hematonas e edema

  • Pqp… temos um país entregue às moscas e o imprensa brasileira preocupada com o pinto do Neymar e com a bunda da Anita sem contar com essa seleção brasileira de rabo preso com os patrocinadores dependentes do Neymar nem o Pelé teve tanta moral isto mostra o nível do senso comum do obvio brasileiro

    • Maurício, os temas — Neymar e crise brasileira – não podem se anular. Cabem ambos no noticiário. Fato é fato e precis ser noticiado. um dos maiores e bem pagos jogadores de futebol da atualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *