Blog do Jeso

STF julga improcedente ação penal contra deputado federal do Pará

Do PSD, Delegado Éder Mauro se livrou do processo em votação unânime da 2ª Turma do Supremo
STF julga improcedente ação penal contra deputado federal do Pará, Eder Mauro

O STF (Supremo Tribunal Federal) julgou improcedente uma das duas ações penais em tramitação na corte contra o deputado federal paraense Delegado Éder Mauro (PSD – foto).

O julgamento, por votação unânime, foi realizado na terça-feira, 13, pela 2ª Turma do Supremo, presidida pelo ministro Gilmar Mendes, que também foi o relator do caso.

Leia também
Os 4 políticos do Pará e Amazonas que são alvos de ações penais no STF.

Éder Mauro era acusado de crime de ameaça.

Ainda tramita no STF contra o parlamentar a AP de nº 989, em que ele é acusado de crime de falsidade ideológica.

O mandato do delegado da Polícia Civil do Pará termina em dezembro de 2018. Neste ano, ele foi candidato a prefeito de Belém e ficou em 3º lugar. Obteve 16,53% os votos válidos da capital paraense.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

Videos
Canal direto
Canal Diteto
Prestação de Contas
Twitter


Colunistas
Sites e blogs
Publicidade