-1
5 informações que a Destak não divulgou sobre a 1ª pesquisa para prefeito de 2020

A primeira pesquisa Destak para prefeito de Santarém, oeste do Pará, coletou muitas informações junto aos entrevistados. E que não foram publicadas ainda na duas matérias que o Blog do Jeso abordou sobre o tema.

Registrada na Justiça Eleitoral (PA-00475-2020), ela foi realizada entre os dias 9 e 12 deste mê, nas zonas urbana e rural do município.

Abaixo, 5 informações ainda não divulgadas sobre esse levantamento.

 

PRIMEIRA

Dentre as pessoas entrevistadas (621), 55% afirmaram que votaram em 2016 no médico Nélio Aguiar (DEM), para prefeito. Alexandre Von, ex-prefeito derrotado naquela eleição, aparece em 2º com 24%.


SEGUNDA

A desaprovação do governo Nélio Aguiar chegou a 67% — quase o dobro da rejeição dele como candidato à reeleição (35%). 29% aprovam o governo do democrata e 4% não sabe/não respondeu.


TERCEIRA

Num cenário com 9 candidatos a prefeito, sem a presença da ex-prefeita Maria do Carmo, quem aparece na liderança é o candidato do PSDB, vereador Ney Santana (34%) — 10 pontos percentuais à frente do 2º colocado, Nélio Aguiar (24%). Nesse caso, os dois iriam para o segundo turno.

informações sobre a pesquisa Destak

 

QUARTA

A gestão de Helder Barbalho (MDB), de quem o prefeito Nélio Aguiar é aliado, tem avaliação positiva de 55% (ótimo e bom). Se somando o percentual de quem cravou regular positivo (25%), o governador alcança 80% de aprovação em Santarém. Bolsonaro, nos 3 itens, tem 72%.


QUINTA

Do total de entrevistados, 59% disseram que sua intenção de voto expressa na pesquisa é “definitiva”. Ou seja, não vai mudar até o dia da votação (4 de outubro deste ano). 34% responderam que “ainda podem mudar” e 4% que “dificilmente mudará”. Outros 3% não sabem/não responderam.

LEIA também sobre a pesquisa:

Maria do Carmo, do PT, lidera a 1ª pesquisa de 2020 para Prefeitura de Santarém

54% não sabe ainda em quem votar para vereador neste ano; veja os mais citados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *