Bolsonaro sobre assassinato de músico no RJ: ‘O Exército não matou ninguém’, bolsonaro
Bolsonaro: o Exército é do povo

O presidente Jair Bolsonaro comentou a morte do músico Evaldo dos Santos Rosa por militares do Exército. O capitão reformado disse nesta 6ª feira (12), 5 dias após o assassinato de Evaldo, que o “Exército não matou ninguém”, segundo o site Poder360.

A declaração foi dada em Macapá (AP), após inauguração de aeroporto no estado junto com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

“O Exército é do povo. A gente não pode acusar o povo de assassino. Houve um incidente. Houve uma morte. Lamentamos ser um cidadão trabalhador, honesto”, afirmou Bolsonaro.

O carro em que Evaldo ia com a família para um chá de bebê foi alvejado no dia 7 de abril com mais de 80 tiros.

De acordo com delegado Leonardo Salgado, da Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro, os militares teriam confundido o automóvel branco com outro veículo da mesma cor, usado por assaltantes, que passou pelo local momentos antes.

O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, disse na 3ª feira (9) que Bolsonaro confia nas investigações da Justiça Militar sobre o envolvimento de integrantes do Exército.

Em entrevista à rádio CBN nesta 6ª, o vice-presidente Hamilton Mourão afirmou que sob pressão e sob forte emoção, ocorrem erros dessa natureza”.

Mourão também disse que os tiros só atingiram uma pessoa.

“Foram disparos péssimos. Se fossem disparos controlados e com a devida precisão não teria sobrado ninguém dentro do veículo”.

Leia também:
Perfuga condena mais 2 servidores da Câmara de Santarém; eram fantasmas

  • 73
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Bolsonaro sobre assassinato de músico no RJ: ‘O Exército não matou ninguém’

  • Interpretação: ele diz o Exercito enquanto instituição não matou ninguém, ele existe para proteger. Infelizmente, integrantes dessa instituição que fizeram esse ato deplorável onde uma vida foi ceifada

  • Declaração infeliz vinda de um indivíduo insano, deplorável, psicopata, sem memória e com inteligência comparável a de um camarão. Sujeito nefasto esse BOLSUINO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *