Centrão se articula para barrar MP que devolve o Coaf à área econômica, Plenário do Congresso - abertura dos trabalhos legislativos

Líderes do centrão tentam convencer outros partidos a usar a medida provisória em que Jair Bolsonaro reestruturou o governo para dar um recado definitivo ao Planalto, forçando-o a abrir novo nível de diálogo com o Congresso.

A ideia, segundo a Folha de S. Paulo neste domingo, é aprovar emendas que tirem o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) do guarda-chuva de Sergio Moro (Justiça), devolvendo-o à área econômica.

O ex-juiz, por sua vez, receberia a Funai — hoje na Agricultura — de volta à sua estrutura.

CULTURA E TRABALHO

Dirigentes de partidos mais inflamados defendem a derrubada de artigos que extinguiram os ministérios do Trabalho e da Cultura, mas o movimento não agrada líderes das principais siglas. Estes não querem contrariar o discurso de enxugamento da máquina.

Leia também:
Salame deixa a Chefia da Representação do Pará em Brasília após 22 dias no cargo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *