A candidatura a prefeito de Belém do deputado federal Arnaldo Jordy (PPS) sangra.

Sangra muito.

Se esvai em sangue desde ontem (2) quando o blogueiro Hiroshi Bógea deu visibilidade a um áudio abrigado no Youtube. Nele, a suposta voz do parlamentar induz uma mulher, com quem teve relacionamento casual, a fazer aborto.

Jordy é divorciado.

Ao blogueiro Marcelo Bacana, o deputado foi enfático sobre o episódio: trata-se de armação, consequência de sua atuação na CPI da Pedofilia, quando “chegamos a condenar pessoas ricas que se julgam acima da lei.”

Leia também:
PPS deve apoiar candidato do PSDB.
Belém: só o PSOL garantido no 2º turno.

  • 5
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

17 Comentários em: Jordy: uma candidatura que sangra

  • Politico mentiroso…. Jordy é um Pinóquio de profissão.

    Já declarou publicamente (em época de eleições) seu apoio a criação do novo estado do Carajás.

    Na hora do Plebiscito virou de costas e foi contra.

    Nessa questão do aborto Jordy segue a onda do Serra e da mulher dele.

    Se declaram contra, mas já praticaram…

    Candidato em Belém, Jordy deve estar de olho no voto conservador cato-evangelico….

    Tiberio Alloggio

  • Eis aí o mais legítimo representante da hipocrisia política que vai logo, já já, fazer companhia ao Demóstenes Torres. Parece que tá virando moda os paladinos da ética e moralidade revelarem o seu verdadeiro ser, quer dizer, o lado mais podre, pervertido e sem-vergonha que escondem durante algum tempo com alguma competência.

  • Lembrando, para não esquecer, que esse cidadão é do contra a criação do Estado do Tapajós.

    • E seus principais amigos em Santarém são : Alexandre Von, Nélio Aguiar e Helenílson Pontes. Eles mesmo que vão formar chapa para Prefeito…. Pra eles eu digo NÃO E NÂO… nós do TAPAJÒS NUNCA VAMOS ESQUECER QUE ALEXANDRE VON PREFERIU FICAR CALADO PARA AGRADAR O GOVERNADOR JATENE…. FORA VOM>>>>>

  • E agora jordy,a casa caiu,ex ficha limpa,ganhou a eleicao em cima disto,agora e ficha suja e criminosa,nao vai mais enganar niguem tchauuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

  • PRIANTE nele!!!!!fora Demostenes do pará!!!!!!

  • Mais um representante dos camaleões. Farsante como os integrantes do atual governo do estado ao qual apoia incondicionalmente e é um dos candidatos do leque de opções juntamente com o Zenaldo, Priante, Sérgio Pimentel e Almir. Farinhas do mesmo saco!

  • Se comprovada a veracidade do audio, Jordy dispara na corrida do trofeu cinismo. E olha que nessa corrida tem profissional da estatura de Jader Barbalho.
    Como filiado do PPS só possa esperar que Jordy exija que seja realizada perícia no audio e no caso de comprovada a fraude processe os responsáveis. Já basta o epsodio da campanha do plebiscito, quando Jordy cinicamente desdisse o que havia afirmado com a maior convicção.
    Ficha limpa não é apenas manter as mãos limpas do dinheiro público. Ludibriar o eleitor com mentiras é um crime ético e moral tão danoso para a credibilidade da atividade política, quanto o roubo do dinheiro púbico.

  • Tibério, santareno apoiando o Edmilson não falta, o que mais trabalhou contra o Tapajós, depois do Zeraldo. O Edmilson é outro mulherengo da cidade de Belém, melhor não falar mais nada….muita gente fala dele com a Dira Paes.

  • Não gosto do Jordy, mas isto estão com cara de armação das brabas, ao começar por esta foto com a camisa, que já foi provado que é uma armação. E a gravação? Resta também saber….

  • Jeso,

    No jogo político, tudo vale, inclusive o jogo sujo e de baixo nível.
    Não detenho procuração para defender o Deputado Jordy, mas possa afirmar que atualmente na política paraense, homem público com seu caráter são raros de vêr-se.
    Sou testemunha das muitas vindas de Jordy à Santarém, Óbidos e Alenquer em momentos bem anteriores à confirmação (autorização) da consulta plebiscitária, e NUNCA OUVI do parlamentar qualquer afirmação no sentido que este era favorável ou não à redivisão do Pará. Sempre posicionou-se favorável ao DEBATE das idéias, da viabilidade e principalmente dos benefícios ou não aos interessados. Cheguei a entrar em choque com o mesmo quando este posicionou-se publicamente contra a divisão do Estado, já em meio da referida Campanha. Afirmei-lhe de seu equívoco, no entanto como a mim cabia o direito de defender a Divisão, a ele, da mesma forma cabia o direito de defender a Unificação. Ao confrontá-lo, Jordy me afirmou que estava convencido, na sua visão, que o melhor seria o Pará unificado. Putos prá cá ficamos com ele, mas Democracia é isso!
    Nesta questão que envolve o áudio, não percebo que Jordy tenha determinado qualquer suposto aborto. É um diálogo nebuloso, que deixa claro apenas, aqui sim, a armação evidente à que foi submetido o Deputado. Há muito, muitos alvejam Jordy por seu prestigio junto à população que o tem conduzido a importantes cargos públicos, mas principalmente porque através de sua atuação na CPI da pedofilia, no Pará, grandes e poderosos foram à cadeias, fossem políticos, padres, pastores, parentes de governantes, etc., e agora principalmente por seu credenciamento à prefeitura de Belém.
    Aos que interessam destruir Jordy, a “pseuda” ética que invocam contra o aborto, é mera desculpa para tomarem espaço dos que na vida pública (como Jordy) não tem mácula alguma.
    O cheiro de armação está no ar.

    • Nerivaldo, que coisa mais feia o sr. negar o óbvio, o cara pressiounou sim a Josiane a abortar. Tá clarno no áudio,só não entende isso quem não quer. Não ouviu aquela parte em que ele diz assim: “depois procura um psicólogo que ele vai te fazer superar isso”Outra coisa Nerivaldo, o Jordy manifestou-se sim a favor da divisão do Pará lá em Marabá, quando lhe era conveninete, mas depois o deputado, já de olho na prefeitura de Belém veio dizer que Não, que era contra e essas coisas todas de quem pratica a ética da conveniência e muito se inspira no camaleão pra camulflar bem o que pensa e o que é. Digo, portanto, desembarca dessa canoa porque vem mais coisas contra o paladino da ética e damoralidade.

      É conselho de amigo.

    • Existe sim uma armação, ou melhor, uma orquestração do grupo de comunicação dos Barbalhos. Ou não? Quem mais deu ênfase a essa querela pessoal e privada? O Liberal? Não! ninguém, além da RBA, nos seus programas sensacionalistas, no jornal em manchete principal e nas rádios, num esquema montado para desmoralizar um pré-candidato que eu vejo nas ruas, prestando conta de suas ações dentro da Câmara e cuja história, também, nunca vi denúncia de corrupção. Então, o que pensar dessa prática? Eu, em particular, quero dizer que manterei meu voto, pois, não vejo problema em fazer o melhor para nossa cidade.

  • Um casal adulto cogitando encaminhamentos para uma questão bastante delicada em conversa privada. O que nós temos com isso? Absolutamente nada. “Ah, mas aborto ainda é crime”, dirão. Mesmo recheada de hipocrisia a fala, deve-se meramente responder que cogitar um crime não é crime. “Ah, mas ele é figura pública” – que seja, ainda assim não perde o direito à intimidade, não deve ter escancaradas suas ligações telefônicas. “Ah, mas ele a pressionou” – ele defende um ponto de vista que foi, inclusive, vencido, já que a criança nascerá este mês. O que há de errado mesmo não é o diálogo, mas a gravação desautorizada dele.

  • voto em jordy desde criancinha e prá mim amigo é que nem peito é nahora do aperto é ue a gente sabe qual é o veradeiro ou o falso !!!! tão queendo criar um facton !!!! mqas o jordim é que nem frigideira com teflon!!! não pega nada !!!! vê se te manca e te lembra que aprontaram a mesma armação com o teu ídolo cachaceiro chama do de sapo barbudo !!!! O jader que a todo custo emplacar com essa armação ma não adianta nada !!! nunca um candidado apoiado por ele ganhou eleição em belém que por sinal detreta o jáder ao contéio de voc|ês aí no ass do mundo que o idolatram !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *