Licitação de 4 terminais hidroviários no Baixo Amazonas sob suspeita de irregularidade, Doca e Von

Alexandre Von, de azul, conversa com Doca, prefeito de Terra Santa, sobre o terminal que ali será construído

Uma licitação para construção de 4 terminais hidroviários de cargas e passageiros na região do Baixo Amazonas, pela estatal paraense CPH (Companhia de Portos e Hidrovias), estão sob suspeita de irregularidades.

Denúncia este sentido foi protocolada em Belém junto ao Ministério Público do Pará no final do ano passado.

Em outubro, foi aberto processo, que se encontra em curso na 2ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa.

O promotor de justiça José Maria Gomes dos Santos comanda as investigações.

Os 4 terminais portuários com licitação sob suspeita são:

✔ Almeirim e Prainha, orçados em R$ 7 milhões;

✔ Faro e Terra Santa, orçados em R$ 8,2 milhões;

A Engeport Engenharia, com sede em Belém, foi quem ganhou o certame licitatório realizado pela CHP, presidida atualmente pelo ex-prefeito de Santarém Alexandre Von (PSDB).

As supostas irregularidades foram denunciadas pela Decol (Decorações Engenharia e Comércio Ltda), também de Belém.

  • 8
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

9 Comentários em: Licitação de 4 terminais hidroviários no Baixo Amazonas sob suspeita de irregularidade

  • Alexandre Von esses caras depois que entram na política não largam o osso mesmo!!!!!!

  • e quais as irregularidades…. dê nome aos bois das irregularidades….aaiaiaiai

  • UM DIA A MASCARA CAI11111111

  • von não se elege nem para sindico do ed.d.conceiçao

  • QUEM NÃO ARRUMA SUA PROPIA CASA JAMAIS ARRUMARA A CASA DOS OUTROS

  • ALEXANDRE SEM LIRA MAIA E UMA PISCINA SEM AGUA!!!!!!!!!!!!!

  • Isso não é novidade, eu creio que em quase todas as licitações exista esse câncer chamado “corrupção”, principalmente neste ano que haverá eleições, certamente vai rolar aquele famoso 20% de comissão nas obras públicas para financiar o candidato do Jatene nesse caso. Outra situação é a pressa para se fazer a obra da orla de Santarém, já observei aquele serviço que estão fazendo praticamente dentro da água, creio que vai ser dinheiro jogado fora, mas tem que se fazer para subtrair a comissão dos sanguessugas vampiros, os verdadeiros câncer do Brasil.

  • Gente a coisa é mais séria que se imagina, eles não tem medo porque a justiça não pune, eles mandam nela, Vejam bem, o que está acontecendo com a prefeitura de Santarém deixada por Alexandre Von, recebia o INSS dos professores e não repassava ao órgão, deixando um rombo mais de 80 milhões e o prefeito atual negociou com INSS certo com o dinheiro do FUNDEB, agora atrasando todo mês, É uma vergonha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *