Operação Perfuga: Sespa afasta 9 servidores da Setor de Regulação em Santarém

Policial da operação Perfuga chega na Seccional de Polícia Civil de Santarém com diversos objetos apreendidos

A Sespa (Secretaria de Estado de Saúde Pública) informou que 9 servidores do setor regulação do 9º Centro Regional de Santarém, oeste do Pará, foram afastados preventivamente para atender a mandado de intimação para cumprimento de medidas cautelares, determinada pelo juiz Flávio Oliveira Luande, da 2ª Vara Criminal de Santarém, com base nas investigações da operação Perfuga, deflagrada ontem, 7, pela Polícia Civil e Ministério Público do Pará.

A direção do 9º Centro Regional informa, também, que já está providenciando a substituição dos profissionais afastados para não prejudicar a marcação de exames, consultas e demais procedimentos à população de 20 municípios atendidos pela unidade.

A Sespa também reitera que está colaborando com as investigações e aguarda o posicionamento da Justiça.

Detalhes do esquema fraudulento que envolvia o emprego de servidores fantasmas na Câmara de Vereadores e ilícitos no agendamento de exames e consultas no setor regulação do 9º Centro Regional da Sespa, na região oeste do Pará, foram revelados à sociedade durante a operação “Perfuga”.

“O trâmite do inquérito policial está sob a presidência do delegado Cleidson Castro. Há seis meses o delegado vem investigando situações que ocorriam na Câmara, referentes ao emprego de servidores fantasmas, assim como a interferência de pessoas na Sespa em relação a marcação de consultas, sendo que não estava sendo obedecida a ordem da fila de espera. Algumas pessoas estavam burlando essa sequência”, informou o superintendente.

CONSULTAS E EXAMES

Segundo a Polícia Civil, pessoas procuravam o vereador Reginaldo Campos (PSC), militar reformado, que atualmente se encontra preso no quartel do 3º BPM, para solicitar a facilitação de agendamentos de consultas e exames.

Essas solicitações eram repassadas para a técnica em enfermagem Sarah Campinas de Oliveira, servidora pública efetiva, que exercia suas funções no setor de regulação da Sespa, a qual providenciava o efetivo agendamento com o apoio de outros servidores da unidade.

De acordo com as investigações da Polícia e do MP, Sarah, que recebia as demandas repassadas pelo vereador Reginaldo Campos, também recebia remuneração mensal da Câmara dos Vereadores. No entanto, não exercia efetivamente a atividade na Casa Legislativa.

Foram identificadas, no curso das investigações, outras pessoas que também eram servidores “fantasmas”, ou seja, recebiam remuneração sem efetivamente trabalhar. Entre os servidores fantasmas estavam advogados e pessoas ligadas a lideranças de bairro ou líderes religiosos.

O inquérito policial apura crimes de peculato, falsificação de documento público, corrupção e associação criminosa. “A investigação não cessou com essa operação. Esperamos que novas provas sejam coletadas ao final do inquérito policial”, frisou o delegado.

Com informações da Agência Pará

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

3 Comentários em: Operação Perfuga: Sespa afasta 9 servidores do Setor de Regulação em Santarém

  • Pois é.

  • Jeso eu e creio que a população de Santarém que foi prejudicada e lesada por esses LIXOS HUMANOS, gostaríamos de saber o nome desses desonestos que atuavam nessa máfia na SESPA. Porque quando é um ladrão de celular ou um vendedor de drogas a foto e o nome são estampados em todos os jornais, tv e etc. E outra situação: está explicado o porque pessoas simples e humildes levam meses e até anos na fila de espera do propagado hospital regional. O delegado deveria investigar se alguma pessoa morreu na “fila” em virtude de alguém ter sido beneficiado pelo esquema desses larápios, e caso confirmado enquadrá-los por crime doloso.

  • ESSA TAL SESPA SEMPRE FOI NINHO DE TODO TIPO DE PUTARIA E PATIFARIA, SABE PORQUE ? PORQUE É CABIDE POLÍTICO E PRA LÁ SÃO NOMEADOS PESSOAS SEM O MENOR CARÁATER, MAS QUE SÃO COMPARSA S DOS POLÍTIDOS DA REGIÃO…
    SEMPRE FOI ASSIM, SEMPRE ASSIM SERÁ,…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *