Na lista, há deputados – estaduais e federais – do PMDB, PT, entre outros, eleitos em 2014

delação de JoesleyJoesley Batista fazendo delação premiada

 
O presidente, Joesley Batista, e o diretor de Relações Institucionais, Ricardo Saud, do grupo JBS contaram, em delação premiada, que financiaram, direta ou indiretamente, 1.829 candidatos na eleição de 2014, entre postulantes a presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual.

Foram repassados quase R$ 600 milhões.

Os delatores não especificaram se o financiamento foi propina, caixa dois ou doação legal.

Na lista abaixo, os deputados estaduais e federais do Pará financiados pela JBS, segundo o site Congresso em Foco.

DEPUTADO FEDERAL

Simone Morgado

Os 9 deputados do Pará financiados pela JBS, segundo delação premiada, simone morgado
Partido: PMDB
Valor da doação: R$ 100 mil

Elcione Barbalho

Os 9 deputados do Pará financiados pela JBS, segundo delação premiada, Plenário do Congresso - 16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência Contra as Mulheres
Partido: PMDB
Valor da doação: R$ 200 mil

Beto Faro

Beto Faro, Reunião da Bancada.
Partido: PT
Valor da doação: R$ 32.300,00

Zé Geraldo

Deputado Zé Geraldo (PT-PA).
Partido: PT
Valor da doação: R$ 62,5 mil

Wlad Costa

wlad costa
Partido: Solidariedade
Valor da doação: R$ 200 mil

DEPUTADO ESTADUAL

Iran Lima

ALEPA DEPUTADOS NA TRIBUNA
Partido: PMDB
Valor da doação: R$ 325

Chicão Melo Filho

chicao
Partido: PMDB
Valor da doação: R$ 100 mil

Carlos Bordalo

Carlos Bordalo
Partido: PT
Valor da doação: R$ 26.640,00

Antonio Tonheiro

antonio tonheiro
Partido: PDT
Valor da doação: R$ 76

Leia também
Justiça obriga 12 cidades do oeste do Pará a implantar Portal da Transparência

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

9 Comentários em: Os 9 deputados do Pará financiados pela JBS, segundo delação premiada

  • Bom que se verifique o valor doado ao Deputado Estadual Antônio Tonheiro, qual seja R$ 76,00 (setenta e seis reais). Na verdade trata-se de uma tentativa vergonhosa de envolver o nome de alguém sério no meio desse mar de lama.
    Ressalte-se que as contas do Deputado Tonheiro, foram aprovadas pelo TRE-PA, onde não apareceu nenhuma doação, quanto mais nesse vergonhoso valor de R$ 76,00 (setenta e seis reais).

  • tonheiro tá sim no meio eu acho que alguém não vai publicar uma coisa sendo tão forte assim né

    • Provavelmente o Tonheiro foi eleito porque recebeu R$ 76,00 (SETENTA E SEIS REAIS) da JBS. Povo sem noção viu!!!!

  • Olha a Barbalhada aí gente!!!!

  • Jeso deve tá frustrado pelo fato do ex-Dep. Lira Maia não está envolvido nessa corrupção. Se tivesse, como com certeza já fuçou tudo por aí pra encontrar algum resquício, já teria colocado na capa e em letras garrafais a matéria.
    Engole seco e no gute Jeso essa.

  • Sujo? Sujo Souza eu, esse é imundo.

  • Todos do tonheiro sujos explica o nepotismo da prefeitura de capitao poço, e filha e irma é irmao a familia toda trabalha na prefeitura so faltou o cachorro dele vir tambem, kkkkk e o povo que votou na mudança recebeu um tapa na cara. nao ha mudança povo trabalha recebe mixaria…. e a familia dele que esta cada vez mais rica.
    igual a musica e o rica cada vez fica mais rico e podre cada vez fica mais podre!

  • ladrão,de colarinho branco sem vergonha espero que ministerio publico,caia matanto em cima de voces.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *