Polícia colhe novo depoimento dos envolvidos no maior escândalo de corrupção de JurutiJaime Paixão, no comando dos depoimentos

A Polícia Civil do Pará em Juruti começou hoje, 15, a ouvir o depoimento de políticos envolvidos no caso conhecido como “Mensalão de Juruti”, o maior escândalo de corrupção da história recente do município.

É o segundo depoimento que vereadores prestam à polícia.

Leia também – Processo de corrupção contra prefeito de Juruti tramita há 42 dias no MP, em Belém.

Desta vez, mais minucioso.

O prefeito Marquinho Dolzane, do PSD, é acusado de protagonizar o esquema de corrupção – que envolve também todos os atuais integrantes do Legislativo jurutiense.

Como Marquinho tem foro privilegiado, o processo contra ele tramita no TJ Tribunal de Justiça do Pará. O desembargador Ronaldo Valle é o relator.

Estão previstos para hoje os depoimentos dos vereadores Esber Sancler, Heriana Santos e Elivan Rocha.

A oitiva dos arrolados no caso é coordenada pelo delegado Jaime Paixão.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta