Preso pela Perfuga, Reginaldo Campos renuncia ao cargo de vereador, reginaldo campos

Reginaldo Campos, fim de linha para o mandato conquistado em 2016

Reginaldo Campos (PSC), santareno preso na operação Perfuga, não é mais vereador, cargo para o qual foi reeleito em 2016 com 3.837 votos pela quinta vez consecutiva.

Ontem, 4, conforme o portal Jeso Carneiro antecipou em primeira mão, o parlamentar renunciou ao mandato que só iria terminar em 2020.

A carta de renúncia foi entregue à presidência da Câmara de Vereadores de Santarém, pela defesa do vereador, advogado Carlos Mota. Reginaldo Campos está preso no quartel do 3º BPM (Batalhão da Polícia Militar), na avenida Cuiabá.

Presidente em exercício da Casa, Júnior Tapajós (PR) esclareceu que a decisão de Reginaldo Campos já era aguardada pela Casa.

“Segundo relatos informais, os seus próprios advogados já haviam deliberado sobre esse tema, direcionando o vereador para a renúncia do mandato”.

Tapajós explicou ainda o procedimento da Câmara a partir desse novo contexto da situação.

“Independente de deliberação do plenário, amanhã [hoje, 5] será lida essa carta, e amanhã mesmo será convocado o suplente [Mano Dadai, do PRTB], que deverá se apresentar e ser empossado em até 10 dias”.

CASSAÇÃO

Como está próximo o término do prazo de 90 dias para a conclusão do processo de cassação do mandato de Reginaldo (o prazo expiraria no próximo dia 27), ficou o questionamento acerca do andamento dos trabalhos da Comissão Processante com a protocolização da carta de renúncia.

Jardel Guimarães (Podemos), relator do processo, esclareceu que já foi solicitado um parecer da Procuradoria Jurídica da Câmara para que a comissão possa dar qualquer direcionamento.

Ainda, segundo Jardel, o processo estava na fase das alegações finais, e esta terça-feira (5) seria, inclusive, a última data para que o denunciado apresentasse a defesa dele.

“Posteriormente seria submetido a relatório, mas devido a esse fato novo [renúncia], nós iremos apenas aguardar o parecer jurídico da procuradoria da nossa Casa”, explicou o relator.

Com informações da Câmara de Santarém e redação

  • 1
    Share

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

7 Comentários em: Preso pela Perfuga, Reginaldo Campos renuncia ao cargo de vereador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *