PSOL vai priorizar candidatura de Márcio Pinto à Câmara de Vereadores em 2020
Maike Vieira (à esq.) e Márcio Pinto em campanha de 2012

Estrela mais reluzente do PSOL em Santarém, Márcio Pinto, 43 anos, não deve entrar na disputa eleitoral para prefeito na eleição do próximo ano.

O partido deverá lançá-lo a vereador, pois almeja, pela primeira vez na sua história, ter uma cadeira no parlamento municipal.

Desde as eleições de 2008, a foto de Márcio Pinto é vista nas urnas — sempre pelo PSOL. Das 5 campanhas de lá pra cá, em 3 ele concorreu para prefeito. A outra para deputado estadual (2010) e em 2014, a deputado federal.

A estratégia da sigla para 2020, ainda a ser oficializada, é apostar todas as suas fichas na eleição do sindicalista. Para prefeito, se o PSOL não fechar aliança com partidos de esquerda, o nome do professor Maike Vieira é o mais cotado.

Maike fez dobradinha como vice de Márcio na eleição de 2012.

Leia também:
Não quer calar. Emir Aguiar, nº 1 da Câmara de Santarém, vai cumprir a promessa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *