Mano Dadai

Tem 36 anos, é evangélico da Igreja Batista de Santarém o 1º suplente da coligação que elegeu o vereador Reginaldo Campos, apontado como chefe da organização criminosa preso ontem, 8, na operação Perfuga.

Yanglyer Glay Santos Matos, o Mano Dadai, é presidente do PRTB.

Na eleição de 2016, na sua estreia nas urnas, obteve pouco mais de 1 mil votos (1.055).

Se Reginaldo Campos (3.837 votos), também evangélico, da Igreja da Paz, tiver o seu mandato cassado, por quebra de decoro parlamentar, Dadai assumirá a vaga.

Reginaldo foi eleito para o quinto mandato consecutivo.

A coligação dos dois, Construindo o Poder Popular, era composta pelo PSC, PRTB, PP, PROS e PSB.

 

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

4 Comentários em: Se cassado, Reginaldo Campos cederá vaga para estreante na política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *