Daniel Simões deu emprego na Seminfra para o cunhado Jean Marques, também engenheiro, de 4 mil reais

Secretário de Infraestrutura contrata cunhado em caso insuspeito de nepotismo, Nepotismo na SeminfraJean e Daniel são cunhados. Nepotismo avalizado por Nélio Aguiar

É um exemplo de nepotismo acima de qualquer suspeita.

Bem diferente da prática contumaz adotada há anos por familiares do multiprocessado Lira Maia (DEM) e potencializada na atual gestão do prefeito Nélio Aguiar, de Santarém.

Leia também
11 membros da família Maia que ganharam emprego de Nélio na prefeitura
Secretário de Nélio emprega mulher e filha; prefeitura paga R$ 20 mil à família

O caso foi detectado pelo Blog do Jeso na Seminfra (Secretaria Municipal de Infraestrutura), sob o comando do engenheiro Daniel Simões, 30 anos.

Ele é o protagonista da violação às garantias constitucionais de impessoalidade administrativa.

O secretário contratou o engenheiro Jean Marques para o cargo de Assessor Técnico de Engenharia II, com salário bruto de 4 mil reais, conforme disponibilizado no Portal Transparência da Prefeitura de Santarém.

Os dois são cunhados – grau de parentesco por afinidade, de 2º grau.

Segundo a súmula vinculante 13, esse tipo de contratação viola a Constituição Federal.

Essa é a primeira experiencia em cargo público do engenheiro civil santareno Daniel Simões, com MBA em Gestão de Projetos.

Jean Marques, contrachequeContracheque virtual do engenheiro Jean Marques

 
O caso de nepotismo avalizado por Simões destoa de Erasmo Maia e Henderson Pinto, contumazes na prática, justamente porque ocorre quando o engenheiro inicia os primeiros passos na vida pública.

Outro lado

O Blog do Jeso entrou em contato com o Núcleo de Comunicação da Prefeitura de Santarém na noite de ontem, 15. Aguardou o contraponto até as 10h10 de hoje, mas não nada o enviaram. 

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

13 Comentários em: Secretário de Infraestrutura contrata cunhado em caso insuspeito de nepotismo

  • enquanto vão enchendo a prefeitura de cargos indicados por lira maia, o prefeito estar na alemanha tomando aquelas cervejas especiais, cada cerveja chega a custar 130 reais, os salames queles que o cabral saboreava em suas viagens chega a custar 213 reais a porção , e a periferia esperando os 713 km de asfalto prometido na campanha, e eu choro.

  • Enquanto isso no Incra segue o clima de tenção dos tercerizado com medo de perder o emprego por cauza que o superintendente quer colocar os indicados do wlad Tudo jogo político

  • AI QUE DOR ENORME NA JUNÇÃO DO BRAÇO COM O ANTEBRAÇO….

  • O Secretário apesar de aparentar ser jovem, mas apresenta vícios velhos como o de contratar o próprio cunhado.
    Secretário isso é ato de improbidade administrativa passível de ressarcimento de danos ao erário, perda da função pública e ficar inelegível.
    Se tiver dúvida, consulte o próprio MP ou seu órgão jurídico.

  • Isto é Brasil…

  • ESSES CRENTALHAS SÃO PERIGOSSOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Veja que queimei meu voto infelizmente e isso.

  • Mário Guimarães e Jeso Carneiro, tenham tolerancia com o jovem secretário de infraestrutura, Elle entende muito de tapa buracos, de asfalto, de obras,muitas obras,mas, de NEPOTISMO nadica de nada, talvez o procurador geral Geraldo Sirotheau possa lhe dar uma assessoria jurídica. Mamãe Me Acode .

  • Queremos concurso público

  • Desde quando cunhado é parente meu povo! 😂😂😂😂

    • E não é? Ao invés de publicar suas matérias tendenciosas, dever-se-ia estudar as disposições legais quanto ao que vem a ser de fato nepotismo. Além disso, a súmula vinculante do STF diz, inclusive, que caso o “parente” tenha formação técnica para assumir o cargo, não se configura caso de nepotismo.
      Se o cara é engenheiro, ele tem o perfil para ser Assessor Técnico de Engenharia, ora. O que não se pode é nomear um parente que só tenha o ensino médio completo, ou formação de nível superior em pedagogia, por exemplo, para ser Assessor Técnico de Engenharia.
      As críticas oposicionistas são sempre bem-vindas, desde que justas.

      • João, vc poderia citar aqui o trecho da súmula vinculante do nepotismo que comprova a sua afirmação. Até para que juízes em todo o Brasil, entre os quais ministros do STF, possam beber dessa fonte e não repetir sentenças que vão na direção diametralmente oposta da tua tese.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *