Tribunal de Brasília vai julgar em agosto ex-secretário de Alexandre Von, Geraldo Bitar, Santarém

Geraldo Bitar, graúdo integrante do governo Alexandre Von entre 2013 e 2016

Marcado para o próximo dia 8 de agosto o julgamento do recurso no TRF1 contra a condenação de 6 anos de prisão de Geraldo Bitar por falsificação de documento (crime contra a fé pública).

O engenheiro civil foi graúdo integrante da gestão do ex-prefeito de Santarém Alexandre Von (2013-2016).

Ele comandou o extinto Núcleo de Gerenciamento de Obras Especiais, o NGO.

Condenado em março de 2013 em primeira instância pelo juiz Rubens Rollo D’Oliveira, da 3ª Vara Federal em Belém, Bitar foi, digamos, importado por Von de Belém para Santarém com propósito líquido e certo de trabalhar no alto escalão do governo.

A Procuradoria Geral da República emitiu parecer contrário ao recurso.

Se o TRF1 mantiver a condenação, Geraldo Chicre Bitar Pinheiro deverá ser preso e cumprir a sentença de 6 anos e 8 meses de prisão em regime semiaberto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *