TSE diz que R$ 5 bilhões do fundo público não pagam as eleições de 2018, urnas 2018

Coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, hoje, 20:

O valor de R$ 5 bilhões estimado pelo Congresso Nacional para o fundo público que financiaria a campanha eleitoral de 2018 não cobriria nem mesmo os custos da disputa para deputado federal.

Leia também
“Isto é uma vergonha, meu prefeito”, diz leitor sobre advogado contratado em Óbidos

A conclusão é do conselho consultivo do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), formado para ajudar a corte a discutir propostas para a reforma política.

De acordo com números discutidos no colegiado, só os recursos movimentados pelos 6.178 candidatos a deputado federal em 2014 passaram de R$ 5 bilhões, segundo números oficiais e estimativas de caixa dois.

A previsão é de que, em 2018, o número de candidatos a presidente, governadores e deputados federais e estaduais passe de 30 mil.

É nesse contexto que se discute também eventuais benefícios do voto em lista, em que os eleitores escolhem o partido em que querem votar, e não mais um candidato. Esse sistema ajudaria a baratear a campanha.

Há controvérsias em torno do voto em lista já que, em tese, ele ajudaria políticos envolvidos na Lava Jato a se reelegerem sem ter que pedir votos e misturados a outros nomes da lista de suas legendas.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: TSE diz que os R$ 5 bilhões do fundo público não pagam as eleições de 2018

  • Um absurdo gastar tanto dinheiro com políticos ladrões, n;ao adianta nada. Essas eleições deveria custar zero pro contribuinte.

Deixe uma resposta