Amigo de Machadinho, Emir Bemerguy fez poemas e letra de música para o seresteiro, Emir Bemerguy e Machadinho
João Silva, com gravador, e Machadinho e Emir no violão

Amigo na arte e na religião de Machadinho, o escritor e poeta Emir Bemerguy dedicou poemas e escreveu letra de música sob encomenda para o seresteiro falecido na madruga desta terça-feira (9) em Santarém (PA).

Abaixo, duas criações de Bemerguy, morto em novembro de 2012, resgatadas do acervo do artista santareno por sua filha Lila Bemerguy, jornalista, e enviadas ao blog.

O último boêmio

Edenmar Machado (Machadinho) pediu a composição destes versos, musicando-os posteriormente

Emir Bemerguy, 15/09/1967

No silêncio da noite ouves somente
Os acordes sentidos do violão…
Há janelas se abrindo lentamente…
Há saudades em cada coração…
Minha voz vai lembrando, magoada,
Infortúnios de amores que perdi,
As perfídias, as juras profanadas
Das mulheres que, amando, envelheci…

Serenatas antigas…Outras luas…
Velhos tempos que não mais hão de vir!…
E eu prossigo a cantar nas mesmas ruas
– Derradeiro boêmio, que a fingir,
Em canções pontilhadas de venturas,
Neste peito conter  perene amor,
Busco apenas, falando de ternuras,
Disfarçar o meu íntimo amargor…


 

O boêmio

Ao grande amigo Machadinho, famoso e romântico trovador das lindas madrugadas  mocorongas

Emir Bemerguy, 26/01/1976

Quando um luar formoso as almas arrebata,
Acendendo clarões em olhos cismarentos,
Ele sai, noite a fora, em terna serenata,
Pondo na voz bonita líricos acentos.

Em cada seresteiro existe, bem guardada,
Uma saudade antiga – patrimônio seu.
E ao som do violão, na fria madrugada,
Relembra-se um amor que nunca se esqueceu.

Fantástico é o poder de uma tristonha valsa
Ouvida no silêncio de uma noite clara!
Ao coração retorna, rindo, a mulher falsa
Que uma vida feliz, um dia, infernizara…

Boêmio! Cumpre, assim, o teu fadário lindo
De cantar, sem querer, alheios amargores!
De olhos postos na Lua, segue, repartindo
Pedaços de tua alma entre outros sofredores!…

  • 56
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *