Geração de empregos em 2019 mantém Santarém no top 10 do Pará, diz Caged

Dados divulgados pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), vinculado ao Ministério do Trabalho, revelam que o acumulado em relação à geração de empregos durante os 8 primeiros meses do ano de 2019 supera em 4,6% o saldo apresentado nos anos de 2013 a 2016.

O resultado positivo manteve Santarém no top 10 entre os municípios que mais geram empregos no Pará e, também, na região Norte, entre cidades com mais de 30 mil habitantes. O acumulado do ano supera, também, o saldo de 2017.

 

De acordo com a Secretaria Municipal de Planejamento, Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Tecnologia (Semdec), da Prefeitura de Santarém, entre os anos de 2013 a 2016 o saldo foi de 729 empregos (2013: 1.172; 2014: 774; 2015: -425 e 2016: -792).

Em 2017, houve retomada positiva com 652 empregos; em 2018 foi registrado 835 novos postos de trabalho e durante os oito primeiros meses de 2019, o Caged apontou 764 empregos.

Os números mostram que construção civil, comércio, serviços e agropecuária foram os setores que mais geraram empregos, de janeiro a agosto.

Materno infantil

O resultado é impulsionado por uma série de investimentos privados, que devem chegar a R$ 300 milhões, nos próximos anos, em diferentes segmentos – desde operações na área de logística à expansão da rede do mercado de consumo varejista e atacadista, no setor de supermercados – além de ações de austeridade fiscal por parte da atual gestão, que permitiu, por exemplo, a retomada de cerca de 30 obras que estavam paradas, entre elas a do Hospital Materno Infantil.

As pessoas estão acreditando em Santarém, voltaram a investir em nosso município, tanto o empresário local, como empreendedores de outros estados e de outros países. Eles estão vindo, apostando no município, trazendo recursos, gerando emprego, renda e melhorando a nossa arrecadação própria, principalmente o ISS, nos ajudando a ultrapassar ano passado a barreira dos R$ 3 milhões”, destaca o prefeito Nélio Aguiar.

Top 10 no Norte

Os números colocam Santarém na quinta posição no ranking do Pará, atrás apenas de municípios mineradores e os do entorno da região metropolitana de Belém, entre os que mais geraram empregos durante os oito primeiros meses do ano.

A Pérola do Tapajós também está no top 10 da região Norte, entre as cidades com mais de 30 mil habitantes: na 9ª posição, à frente de Rio Branco, capital do Acre, em um ranking liderado por Manaus (AM), e cidades dos estados do Pará e Rondônia.

 

Saldo empregos – Pará – Janeiro a agosto/2019

1º Parauapebas: 4.723

2º Marabá: 1.373

3º Ananindeua: 1.330

4º Castanhal: 1.292

5º Santarém: 764

6º Itaituba: 428

7º Novo Repartimento: 422

8º Redenção: 376

9º Benevides: 370

10º Paragominas: 340

Saldo de empregos – Norte (Janeiro agosto/2019) – municípios com mais de 30 mil habitantes

1º Manaus (AM): 9.644

2º Parauapebas (PA): 4.723

3º Marabá (PA): 1.373

4º Ananindeua (PA): 1.330

5º Castanhal (PA): 1.292

6º Palmas (TO): 1.204

7º Rolim de Moura (RO): 931

8º Ji-Paraná (RO): 792

9º Santarém (PA): 764

10º Rio Branco (AC): 602

Com informações da Agência Santarém/Prefeitura de Santarém

— LEIA também: Prefeito alugou imóvel para empresa que quer construir terminal de combustível em APA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *