-1
Nélio Aguiar corta 45% do orçamento da Agricultura, e aumenta 20% o da Cultura. Foto - Juan Azevedo

A proposta orçamentária para 2020 do município de Santarém (PA), gestão Nélio Aguiar, que deve ser submetido nesta terça-feira ao plenário da Câmara de Vereadores, reduz em 45,6% o orçamento da Agricultura (Semap) em relação ao que foi orçado para a pasta neste ano.

A secretaria que foi completada com maior volume de recursos (valores percentuais) foi a de Cultura (SemC), que saltou de R$ 10,6 milhões/ano (2019) para R$ 13,5 milhões (2020).

Os cálculos foram feitos pelo vereador Matias Jr. (PV).

 

O orçamento total de 2020 é de quase R$ 900 milhões — ou exatos R$ 899.501,00 — contra R$ 881 milhões deste ano.

Outra secretaria que sofreu um baque volumoso foi a de Turismo, que vai perder quase 1,4 milhão/ano. O corte é de 20,7%: R$ 7,8 milhões para R$ 6,4 milhões.

Perderam recursos

Agricultura (Semap), Assistência Social (Semtras), Infraestrutura (Seminfra), Transporte (SMT), Turismo (Semtur) e Desenvolvimento Econômico (Semdec).

Ganharam recursos

Governo (Semgov), Educação (Semed), Meio Ambiente (Semma), Cultura (SemC) e Saúde (Semsa)

Mesmo recurso de 2019

Serviço Autônomo de Saneamento

— LEIA também: As 10 empresas que mais ganharam dinheiro da Prefeitura de Óbidos em 2019

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Nélio Aguiar corta 45% do orçamento da Agricultura, e aumenta 20% o da Cultura

  • Não adianta aumentar o orçamento da pasta da Cultura se não existe gestão competente na mesma. O atual secretário não entende de política pública para o setor e centraliza o poder como secretário e presidente de Conselho Municipal de Cultura ao mesmo tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *