Número de passageiros no Maestro Wilson Fonseca supera marca de 500 mil
Exatos 501.721 passageiros passaram pelo aeroporto em 2019

A movimentação de passageiros no Aeroporto de Santarém/Maestro Wilson Fonseca, no oeste do Pará, superou expectativas e alcançou, em 2019, a melhor marca dos últimos dois anos.

Com 501.721 pessoas transportadas ao longo de todo o ano passado, o volume é 5,9% maior que o aferido em 2018, que teve 473.818 embarques e desembarques realizados. A quantidade de passageiros que passaram pelo terminal é 10,7% superior à contabilizada em 2017, quando foram registradas 452.966 mil operações. 

 

Para o superintendente do terminal santareno, Enock Alves, o incremento nas operações é reflexo da recuperação gradual da economia brasileira para lazer e negócios, da maior disponibilidade de assentos nas aeronaves e também do grande potencial turístico da região. Em média, passam pelo aeroporto 1.400 viajantes/dia. 

“O número nos coloca em 2º lugar no ranking dos aeroportos mais movimentados do Pará e o 6º da Região Norte. E a nossa expectativa é alcançar índices ainda maiores neste ano”, destacou. 

Entre 2018 e 2019, o fluxo de passageiros permaneceu estável nos 54 aeroportos que compunham a rede Infraero até dezembro. Ao todo, passaram pelos terminais da empresa 83,9 milhões de viajantes, ante os 84,1 milhões de 2018, o que representa uma queda de 0,2%.

Falência impactante

De acordo com o presidente da Infraero, Brigadeiro Paes de Barros, a estabilidade no número de passageiros que passaram pelos aeroportos da empresa demonstra a resiliência da economia brasileira e a importância da consolidação de políticas públicas para o setor.

“No ano passado, problemas, como a falência de uma importante companhia aérea brasileira, impactaram na oferta de voos. Por outro lado, uma série de medidas, como a abertura de 100% capital estrangeiro para aéreas, redução do ICMS do querosene de aviação, e até melhorias na infraestrutura dos aeroportos, diminuíram tais reflexos”, avaliou Paes de Barros.

 

Para os próximos anos, a expectativa é de que o mercado brasileiro de aviação siga a tendência e cresça duas vezes o valor do PIB, disse o presidente da Infraero.

Segundo ele, o cenário aponta para mais de 200 milhões de passageiros em 2025, ante os 120 milhões, atualmente.

“Por isso, ao mesmo tempo que trabalha para cumprir as determinações do Governo Federal, de conceder todos os aeroportos da Rede Infraero à iniciativa privada, a empresa estará focada no desenvolvimento da infraestrutura aeroportuária regional, que representa um grande gargalo na interiorização do modal aéreo no Brasil”, afirmou.

24h de operação

Com capacidade para atender até 1,8 milhão de passageiros por ano, o Aeroporto de Santarém funciona 24 horas por dia e opera uma média de nove voos nacionais diários das companhias aéreas Gol, Latam, Azul e Map. As rotas ligam a cidade a destinos como Belém, Altamira e Marabá, no Pará, Manaus (AM), Recife (PE), São Luís (MA) e Brasília (DF). 

Com informações da Infraero

LEIA também: Ministério Público investiga Demutran de Monte Alegre por liberação de veículos ilegalmente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *