Os 10 shows e R$ que o Ecad cobra de direitos autorais de empresário na Justiça, Thiaguinho
Thiaguinho esteve em Santarém, show promovido por Kirk Xabregas

A Justiça reconheceu, em sentença de Cosme Ferreira Neto, da 4ª Vara Cível e Empresarial de Santarém, que Kirk Xabregas deve valores ao Ecad, a títulos de direitos autorais das músicas executadas em 10 shows promovidos pelo empresário na cidade.

A dívida estimada pelo Ecad, conforme o blog noticiou em primeira mão nesta segunda-feira (29), é de R$ 569.599,98.

O magistrado, no entanto, afirmou que ela só será quantificada em “fase própria do processo”. Ou seja, só depois.

Mas reconheceu que a empresa de Xabregas não recolheu as taxas ao Ecad em 10 shows.

Confira os shows e os valores cobrados pelo Ecad no processo:

— 1. Skol Celebretion

Débito /Ecad: R$ 15.404,95

— 2. Show Thiaguinho

Débito /Ecad: R$ 70.103,47

— 3. Show Fagner

Débito /Ecad: R$ 25.844,63

— 4. Show 360º Grupo Revelação

Débito /Ecad: R$ 54.137,99

— 5. Show Paula Fernandes

Débito /Ecad: R$ 103.744,47

— 6. Show Nana Fest

Débito /Ecad: R$ 100.263,21

— 7. Show Jamaican Vibe

Débito /Ecad: R$ 10.544,37

— 8. Show Violada Mix

Débito /Ecad: R$ 79.813,49

— 9. Show Violada Mix Volume 2

Débito /Ecad: R$ 79.813,49

— 10. Show Jads e Jadson

Débito /Ecad: R$ 45.876,66

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *