Recém-nascidos em hospital de Santarém terão vacina e certidão de nascimento
Nélio Aguiar esteve na inauguração dos novos serviços

O Hospital Municipal Dr. Alberto Tolentino Sotelo, em Santarém, oeste do Pará, agora oferece aos pais dos bebês ali nascidos vacina e certidão de nascimento. A iniciativa garante mais segurança e proteção às crianças, além de conforto para famílias.

A Prefeitura de Santarém e a direção do hospital inauguraram na segunda-feira (10) os espaços para esses serviços.

Na ocasião, o prefeito, Nélio Aguiar e a secretária de Saúde, Dayane Silva, destacaram a importância da imunização imediata dos recém-nascidos. Também estavam presentes os vereadores Emir Aguiar (Podemos), Tadeu Cunha (DEM), Ronan Liberal (MDB), Alysson Pontes (PSD) e Maria José Maia (DEM).

 

Para o prefeito, são dois serviços importantes com foco em humanização e garantia de cidadania para aqueles que precisam do Sistema Único de Saúde (SUS).

“Nós não medimos esforços para ofertar um leque de serviços de qualidade”, enfatizou.

Registro civil

A certidões de nascimento dos bebês podem ser emitidas na recepção do hospital, pela entrada da avenida Presidente Vargas, de segunda a sexta-feira, das 9h às 11h.

Recém-nascido
Vereadores, secretária e prefeito na inauguração dos serviços

Os documentos necessários para o registro civil são certidão de casamento dos pais, se casados civilmente; caso não sejam, deverá ser apresentada a identidade de cada um e a Declaração de Nascido Vivo (DNV) fornecida pelo hospital (Guia Amarela).

A secretária de Saúde ressaltou que a sala de vacinação ficará dentro do setor de obstetrícia e que fará parte do fluxo de acolhimento da equipe de enfermagem.

 

“O bebê, após 24h do nascimento, será vacinado. Sabemos que, por exemplo, a BCG e a dose contra hepatite são extremamente importantes aos pequenos e quanto antes forem aplicadas ajudarão a manter a saúde do recém-nascido”, destacou Dayane Silva.

Com informações da Prefeitura de Santarém

— LEIA também: Gabinete da Caneca: Alaércio corta copos descartáveis em seu ‘ninho’ na Câmara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *