Semma, PM, corredores de rua e Adefes criam o Movimento Coleta Seletiva Urbana
A reunião foi realizada em praça pública

Agentes do Centro Municipal de Informação e Educação Ambiental (Ciam), participaram de uma reunião com o grupo de praticantes de corrida de rua Papaléguas, a Companhia de Policiamento Ambiental e a Associação de Deficientes Físicos de Santarém (Adefes). O objetivo é firmar uma parceria em prol do meio ambiente através do Movimento Coleta Seletiva Urbana.

A reunião ocorreu na noite de terça-feira (23). A iniciativa é da Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma).

 

Na reunião o grupo Papaléguas confirmou a participação de mais de 200 pessoas no projeto. A Adefes, assim como a Semma, através do Ciam, também contará com membros participando ativamente da ação. A Companhia de Policiamento Ambiental, além de participar irá garantir a segurança dos participantes durante o trajeto.

Já a Coopresan não pôde participar da reunião, mas confirmou seu apoio, ela fornecerá as “bags” para a coleta do lixo, receberá todo o material coletado durante o projeto no ponto de apoio e fará a devida separação do material e destinação final adequada.

“Um dos pilares do nosso trabalho é a educação ambiental, a prevenção através da educação, então essas ações em conjunto com o Ciam e demais parceiros é muito importante, pois nos ajuda a levar o conhecimento para as pessoas a evitar que crimes ambientais ocorram e que as pessoas ainda façam o descarte irregular de lixo”, ressaltou o major José Carlos Brandão.

COLETA SELETIVA

O Movimento Coleta Seletiva Urbana é um projeto que visa reunir voluntários que coletarão resíduos como garrafas pet e papelão com ajuda de “bags” fornecidas pela Cooperativa de Reciclagem de Santarém (Coopresan) enquanto caminham ou correm.

O projeto será contínuo. Ocorrerá ao menos uma vez por mês, porém o percurso, assim como o ponto de apoio, ainda será decidido. Ao final do percurso, os participantes entregarão o material coletado aos agentes da Coopresan no ponto de apoio a ser definido.

Dessa forma os participantes cuidarão da saúde e ajudarão a manter a cidade limpa, além do exemplo de atitude cidadã que darão.

Com informações da Prefeitura de Santarém

— LEIA também: Ministro da Educação vira alvo de manifestação em Alter do Chão. “Fascista”; vídeo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *