Exclusivo | Uber ignora lei municipal, e começa operar sem licença em Santarém

Nova empresa de transporte de passageiros por aplicativo em Santarém, oeste do Pará, a Uber iniciou suas operações hoje (30) na cidade sem estar credenciada junto à SMT (Secretária Municipal de Mobilidade e Trânsito), conforme exige lei sancionada pelo prefeito Nélio Aguiar (DEM).

O Blog do Jeso apurou que a Uber não requereu qualquer pedido de licença para operar no município, nem mesmo a licença provisória de 30 dias.

 

A empresa também não tem estabelecimento fixo na cidade, outra exigência da lei que entrou em vigor em janeiro deste ano.

Diz o artigo 4º da lei 016/2019: “As operadoras de aplicativos de transporte deverão ter estabelecimento fixo no Município de Santarém e dependerão de licença prévia para operar, conforme artigo 3º da Lei nº 20.309/2017”.

A seleção dos carros que estão operando com a bandeira Uber foi feita via internet pela empresa. Não se sabe que as exigências da lei municipal estão sendo cobradas do motoristas, como laudo de vistoria da SMT, veículos com no máximo 8 anos de uso, entre outras.

Leia a íntegra da lei sancionada pelo prefeito Nélio Aguiar.

Há várias empresas que já operam em Santarém nesse mercado, todas credenciadas. É o caso da Urbano Norte, 99 e Boto Car.

Contraponto

Procurada, a Uber não se manifestou até o fechamento desta reportagem. Assim que o contraponto for enviada à redação do blog será publicado.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

5 Comentários em: Uber ignora lei municipal, e começa a operar sem licença em Santarém

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *