Ciretran, Santarém

Sede do Detran em Santarém, na avenida Cuiabá

Deflagrada na manhã chuvosa desta quarta-feira, 20, uma operação da Polícia Civil do Pará em Santarém e Aveiro, no oeste do Pará. A operação é denominada “Bincagem Fantasma”.

O alvo são servidores do Detran (Departamento de Trânsito) Pará no município, envolvidos em um suposto esquema de corrupção dentro do órgão, como a emissão de CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

À frente da operação, o delegado Sílvio Maués, diretor da DPI (Diretoria de Polícia do Interior), que desembarcou ontem, 19, na cidade especialmente para essa tarefa.

As investigações das supostas irregularidades foram feitas pelo NAI (Núcleo de Apoio à Investigação) e NIP (Núcleo de Inteligência Policial), ambos vinculados à Polícia Civil do Pará.

Diversos servidores envolvidos na esquema tiveram a prisão decretada pela Justiça, entre os quais o ex-diretor do Detran em Santarém Claudiomar de Oliveira Furtado, indicado para o cargo pelo vereador Ney Santana (PSDB).

Os dois são primos.

Em maio do ano passado, o Detran chegou a abrir uma sindicância para apurar o extravio de lacres para emplacamento de veículos na Ciretran em Santarém feitos na gestão de Claudiomar Furtado – abril de 2015 a janeiro de 2017.

Claudiomar de Oliveira Furtado

Claudiomar Furtado, o Mazinho, foi preso na operação

AUTÔNOMOS

No esquema, além de servidores lotados na 1ª Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito) em Santarém), há também pessoas ligadas à sociedades empresariais, profissionais autônomos e usuários dos serviços da repartição pública.

A denúncia sobre o esquema criminoso foi feita pelo próprio Detran em 2015, quando as investigação foram iniciadas pela Polícia Civil.

Durante o inquérito, a polícia constatou indícios de infrações penais, entre as quais, associação criminosa, falsidade ideológica, inserção de dados falsos em sistema de informação, concussão (extorsão cometida por servidor público), corrupção passiva e corrupção ativa, advocacia administrativa, dentre outras ilegalidades.

No total, foram expedidos pela Justiça para cumprimento pela Polícia Civil 36 mandados judiciais, dos quais 18 mandados de busca e apreensão e 18 mandados de prisão preventiva.

Dentre os presos, está um ex-diretor da Ciretran de Santarém; o atual gerente do pátio da empresa de leilões de veículos apreendidos; servidores e ex-servidores do órgão; despachantes e um dono de autoescola.

TROPA

Cerca de 60 policiais civis de diversas regiões do Estado mobilizados na operação. Todo trabalho contou com apoio do Poder Judiciário e do Ministério Público de Santarém e Itaituba.

A operação é realizada por policiais civis, sob o comando do NIP (Núcleo de Inteligência Policial), sob direção do delegado Fernando Rocha, e NAI Oeste (Núcleo de Apoio à Investigação), de Santarém, com apoio da Diretoria de Polícia do Interior (DPI), tendo à frente do delegado Sílvio Maués; da Superintendência da Polícia Civil na Região do Baixo Amazonas; da Superintendência da Polícia Civil na Região do Tapajós; e das Seccionais Urbanas de Santarém e Itaituba.

PRESOS

Já foram presos até o momento:

— Claudiomar Furtado, ex-diretor do Detran;

— Márcio Roberto dos Santos Pimentel, ex-assessor de Claudiomar Furtado.

— Benedito Silva Lima, o Benê, gerente da VIP Leilões.

— Miguel Ângelo Pereira Costa, servidor do Detran

— Rosinaldo dos Santos, o Naldo, servidor do Detran

— Ivanildo Paulo Pedroso, ex-servidor do Detran

— Rosalba Henrique Vieira, despachante de veículos

— Jonnatha de Sá Oliveira, aliciador de candidatos

— Fabrício Rente dos Santos, ex-dono de auto-escola e aliciador de candidatos

— Waldeci Reis Lemos Mota, despachante de veículos

— José Luiz Bentes da Costa, despachante de veículos e de CNH

Com informações da redação e Polícia Civil do Pará

Leia também:
Justiça acata denúncia contra presos da 7ª fase da Perfuga; agora eles são réus

  • 29
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

8 Comentários em: Detran em Santarém é alvo de operação nesta 4ª da Polícia Civil; ex-diretor foi preso

  • O BLOG TÁ IGUAL A TV TAPAJÓS, FORAM PRESOS UM MONTE DE PILANTRAS MAS NÃO DÁ NOME AOS BOIS, A NÃO SER DESTE EX- DIRETOR ZÉ RUELA, TAL DE MAZINHO.
    É SÓ PARA DAR HOLOFOTES? O BLOG TEM QUE IR Á FUNDO NESTA MATÉRIA! CADÊ OS NOMES DO RESTO DA GALERA?

  • A bandalheira do PSDB.

  • Será que esse “comércio” na venda de CNH tem relação com os muitos irresponsáveis dirigindo e colocando em risco vidas de inocentes no trânsito??

  • O nobre vereador tinha as melhores intenções para com o glorioso DETRAN, pensou ter escolhido só gente boa para comandà-lo, mas esses rapazes se comportaram mal, acredito que uma suspensão de três dias os coloquem na linha.

  • Ney santana….so sab mecher no celular nas sessões da Câmara!!verme sugador do suor do povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *