Juiz prorroga por mais 60 dias inquérito policial contra advogado acusado de estupro , Delegado Madson castro e Juniele Batista
Delegado Madson Castro e o advogado Juniele Batista

Delegado da Polícia Civil do Pará em Juruti, Madson de Castro pediu  e o juiz Vilmar Macedo Júnior prorrogou por mais 60 dias o prazo para encerramento do inquérito policial que tem como acusado Juniele Batista Andrade.

O agora advogado é investigado por estupro de vulnerável, crime supostamente ocorrido em julho deste ano em Juruti, ocasião em que ele foi preso em flagrante com dois menores em um motel da cidade — todos, segundo a polícia, alcoolizados.

Ontem, 10, o magistrado acatou o pedido do delegado.

Juniele também é alvo de investigação por parte do Ministério Público do Pará. Acusação: crime de pornografia infantojuvenil.

O jovem advogado responde as acusações em liberdade, conforme decisão judicial, mediante cumprimento de medidas cautelares.

Nas redes sociais, Juniele Batista afirma que é inocente e que vai provar sua inocência.

  • 56
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Juiz prorroga por mais 60 dias inquérito policial contra advogado acusado de estupro

  • Cumpri medidas cautelares frequentando bares altas horas da madrugada em Juruti? Fazendo viagem para apresentação com menores no boi de Parintins? Desse jeito é mamão com açúcar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *