Polícia prende acusado de matar o estudante Davi Amaral , Arisson Sá Pedroso
Arisson Pedroso teria confessado o crime

A Polícia Civil do Pará em Santarém, oeste do Pará, prendeu na manhã desta quarta-feira Arisson Sá Pedroso, 24 anos.

Ele é acusado de assassinar o estudante Davi Amaral, 18 anos, crime ocorrido há uma semana — na madrugada de quinta-feira (14).

A família foi que o apresentou na 16ª Seccional da Polícia Civil, na travessa Turiano Meira, por volta das 10h15h.

Arisson Pedroso, apurou o blog, assumiu a autoria do assassinato.

O CRIME

Aluno da escola pública estadual Rodrigues dos Santos, Davi Silva Amaral foi encontrado desacordado quinta-feira de manhã em terreno baldio no bairro Livramento — na esquina das avenidas São Nicolau e São Paulo.

Ele estava ferido e com fraturas na cabeça. Semi-despido. Suspeita-se que tenha sido vítima de homofobia.

Chegou a ser levado para o hospital municipal, onde foi internado em estado grave na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo). No domingo, o HMS confirmou a morte enceláfica do estudante.

Leia também:
Juiz ordena a imediata interdição da Garapeira do Qualhada

  • 344
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *