Funcionários de rádio e TV católica fazem paralisação por reajuste salarial de 5%, Paralisação da Rádio Rural AM

Funcionários de rádios e TVs na manhã de hoje em frente ao SDC

Funcionários do SDC (Sistema de Diocesano de Comunicação) em Santarém, que reúne as emissoras de rádio (Rádio Rural AM) e TV (Encontro e Rede Vida), ligados à igreja católica, cruzaram os braços hoje, 12, numa paralisação prevista para durar 12 horas – das 6 às 18h.

O motivo é que o SDC não quer reajustar o salário de seus funcionários em 5%, se negando a assinar acordo coletivo com a categoria.

Outra empresa do setor que deve fazer paralisação idêntica, prevista para amanhã, é o SGC (Sistema Guarany de Comunicação) – rádio e TV Guarany.

O Sindicato dos Trabalhadores das Empresas de Rádio e Televisão (Sinter) em Santarém é quem comanda a histórica paralisação.

Paralisação da Rádio Rural AM

Faixa de protesto afixada em frente ao prédio do SDC, na São Sebastião

Neste link, mais informações sobre as negociações entre as duas partes.

Funcionários de outras emissoras da rádio e TV na cidade também se mobilizaram em apoio à paralisação dos funcionários do SDC.

QUANTO O SDC QUER PAGAR
Reajuste de 2,33%, algo em torno de R$ 24,00, para quem ganha o piso máximo de R$ 1.066,45.

QUANTO O SINDICATO QUER
Reajuste de 5%, já acordado com outras empresas do setor. O equivalente a R$ 53,00.

Leia também:
Juíza anula nomeação de filho de deputado para cargo de R$ 100 milhões no Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *