Blog do Jeso


empresa

Seminfra processa construtora de prédio de luxo e 25 andares por invasão de calçada

O juiz do caso já determinou a realização de uma inspeção no edifício para constatar se houve invasão

Seminfra processa construtora de prédio de luxo e 25 andares por invasão de calçada, Plaza de Viena, SantarémPlaza de Viena fica na avenida Rio Branco, em Santarém

 
Por invasão de área pública (calçada), a Seminfra (Secretaria Municipal de Infraestrutura) de Santarém ajuizou ação civil pública contra a construtora de um prédio de luxo na cidade e que tem com apartamentos avaliados em até 1 milhão de reais.

O processo foi protocolado na segunda-feira, 24, e distribuído para 6ª Vara Cível e Empresarial.

Ontem, o juiz Claytoney Ferreira já deu proferiu a primeira decisão sobre o caso: a realização de uma inspeção judicial no edifício Plaza de Viena, localizado na avenida Barão do Rio Branco, próximo ao Parque da Cidade.

Neste link, a íntegra da decisão.

O Plaza de Viena, de 25 andares, foi construído pela empresa R. Branco, e inaugurado no início deste ano.
 
MEDIÇÃO LOCAL
 
Laudos do MP (Ministério Público) do Pará em Santarém e da Seminfra atestam que a construtora invadiu a calçada em cerca de 1 metro. O dono da empresa, arquiteto Roberto Branco, nega a invasão.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Celpa, em nota, afirma que investe em Juruti para melhor qualidade da energia

Celpa, em nota, afirma que investe em Juruti para melhor qualidade da energia, celpa - pará

Contraponto da Celpa, a propósito da matéria Celpa e Guascor terão que criar subestação de energia em Juruti:

Sobre a referida ação em Juriti, a Celpa informa que não foi notificada oficialmente até o momento.

No entanto, a empresa reforça que vem atuando e investindo no município de Juruti para garantir um fornecimento de energia elétrica com mais confiabilidade.

Exemplo disso, foi mais um alimentador que a concessionária construiu no final do ano passado para atender a cidade do oeste paraense. Agora são três alimentadores que proporcionam maior estabilidade ao sistema.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em nota, Belo Sun diz que projeto Volta Grande fica a 10km de terras indígenas

Em nota, Belo Sun diz que projeto Volta Grande fica distante de terras indígenas, Belo Sun no Pará

Contraponto da mineradora Belo Sun, a propósito da matéria Tribunal de Brasília suspende licença da mineradora Belo Sun no rio Xingu:

A Belo Sun esclarece que as duas terras indígenas mais próximas ao Projeto Volta Grande estão a mais de 10 Km da área.

Mesmo assim, de forma voluntária, ainda em 2012, a empresa solicitou um termo de referência e autorização da Fundação Nacional do Índio (Funai) para estudos sobre o modo de vida desses povos.

O órgão federal emitiu um TR provisório e, até o momento, não concedeu a autorização para acesso às terras homologadas.

Paralelamente, no processo de avaliação do EIA e do RIMA pelo Conselho Estadual de Meio Ambiente (Coema), foi definido em condicionante que a empresa deveria elaborar um Estudo de Componente Indígena (ECI), já realizado e protocolado na Funai e na Semas, em abril de 2016, dando sequência ao processo de licenciamento ambiental.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

6 motivos que levaram MPT e sindicato a pedir bloqueio de R$ 200 mil da TV Guarany

6 motivos que levaram MPT e sindicato a pedir bloqueio de R$ 200 mil da TV Guarany, Direitos trabalhistas

No próximo dia 18 está marcada a primeira audiência na Justiça do Trabalho do caso que envolve, de um lado, a rádio e TV Guarany, afiliada da Rede Record, e, de outro, MPT (Ministério Público do Trabalho) e Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão de Santarém.

A emissora é acusada de violar direitos trabalhistas de seus funcionários, por isso foi pedido o bloqueio de 200 mil reais da empresa, conforme noticiou o Blog do Jeso, no final de março passado.

O blog teve acesso à ação cautelar com pedido de antecipação de tutela ajuizada pelo sindicato.

No documento, são enumeradas razões que levaram a categoria à Justiça contra a emissora. O blog lista 6 deles. Confira.

1. Salários atrasados

Há funcionários cujos salários estão em atraso há mais de 6 meses.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Bandidos provocam ”apagão” na agência do Banco do Brasil em Alenquer

Bandidos provocam ”apagão” na agência do Banco do Brasil em Alenquer, Banco do Brasil - atendimentoCaixas eletrônicos também foram atingidos pelo ‘apagão bandido’

 
A agência do Banco do Brasil em Alenquer, no oeste do Pará, está fora do ar desde a madrugada de sexta-feira, 17.

O “apagão”  ocorreu devido a um quebra-quebra geral dos equipamentos na sala de tecnologia, promovido por bandidos que entraram na casa bancária pela janela do banheiro.

Leia também
Governo vai reabrir aeroportos de Alenquer, Óbidos e Porto de Moz

Nada foi subtraído do banco. E ninguém até agora foi preso.

O Banco do Brasil, em nota aos clientes, avisou que a agencia não tem prazo para voltar a funcionar.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Prédio com apartamento de R$ 1 milhão em área nobre da cidade invade calçada

O Ministério Público abriu inquérito contra a R. Branco no ano passado. A Seminfra não embargou a obra até hoje

Prédio com apartamento de R$ 1 milhão em área nobre da cidade invade calçada, Plaza de Viena, SantarémO Plaza de Viena foi inaugurado há poucos dias

 
Um dos mais altos prédios residenciais de Santarém, com 25 andares e apartamento de até 1 milhão de reais, localizado em área nobre da cidade e inaugurado há poucos dias, tem os pés de barro. O MP (Ministério Público) do Pará está no calcanhar da construtora responsável pela obra.

Localizado na parte mais alta da avenida Barão do Rio Branco, o imponente Plaza de Viena foi construído sobre área pública, em desacordo com o projeto original, conforme consta nos autos de um inquérito civil em tramitação desde o ano passado na 11ª Procuradoria de Justiça Cível, do MP em Santarém.

A construtora R. Branco, responsável pela obra, responde por crime de invasão de área pública (calçada). Ela chegou a ser autuada em no final de 2016 pela Prefeitura de Santarém, através da Seminfra ( Secretaria Municipal de Infraestrutura), mas a irregularidade persiste.

Casa de shows

Na semana passada, em uma ação de fiscalização similar (poluição sonora) e também por solicitação do MP, a Semma (Secretaria Municipal de Meio Ambiente) agiu rápido: proibiu a execução de músicas ao vivo e eletrônica numa casa de shows e bar localizado no distrito balneário de Alter do Chão.

Prédio com apartamento de R$ 1 milhão em área nobre da cidade invade calçada, Plaza de Viena, SantarémA calçada foi engolida pelo Plaza de Viena em cerca de 1 metro, segundo o MP

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Empreiteira Andrade Gutierrez delata existência de cartel em Belo Monte

Andrade Gutierrez delata existência de cartel em Belo Monte, UHE Belo Monte (PA)

A Andrade Gutierrez delatou ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) a existência de um cartel para disputar as licitações de construção e de operação da Usina de Belo Monte. A informação é da Folha de S. Paulo.

A empreiteira firmou acordo de leniência com o órgão.

Leia também – Prefeito deve deixar cargo com escrituras empilhadas no gabinete.

Com a colaboração, a superintendência-geral do Cade instaurou, nesta quarta (16), inquérito administrativo específico para apurar o esquema. O órgão já apura a formação de um cartel de empreiteiras para disputar obras da Petrobras e da Eletrobras.

Segundo a empreiteira, participaram do cartel a Camargo Corrêa, a Odebrecht e, pelo menos, seis executivos e ex-executivos “do alto escalão” dessas construtoras.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Líder de mercado em Santarém, Vivo realiza ação durante a Festa do Sairé

INFORME PUBLICITÁRIO

Líder de mercado em Santarém, Vivo realiza ação durante a Festa do Sairé, logo vivo

A Vivo lança, em parceria com a RedeFlex, ação durante a Festa do Sairé, que acontece de 15 a 19 de setembro, em Santarém e que deve reunir público superior a 300 mil pessoas, entre santarenos e turistas de todo o país.

Líder de mercado no DDD 93, com 71,67% de market share, a Vivo fará blitz com clientes e ações de compre & ganhe com o plano pré-pago Vivo Tudo Turbo mais recarga.

Leia também – OAB vai realizar evento nacional de Direito inédito em Santarém.

“Quem realizar recargas com nossos promotores, ganhará um voucher para retirar a premiação, que será uma pizza feita por nossos pizzaiolos”, explica Marcelo Moda, gerente comercial da Vivo no DDD 93, que destaca que a expectativa é apresentar os produtos e serviços da operadora tanto atuais como a novos clientes.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Dono da cervejaria Itaipava quer trocar delação por ficha limpa

Dono da Itaipava quer trocar delação por ficha limpa, Walter Faria

Coluna Painel, da Folha de S. Paulo, hoje:

Walter Faria [foto], dono da cervejaria Itaipava, tem procurado advogados para estudar a possibilidade de fazer uma delação.

O empresário quer uma alternativa para que não seja processado, mas já foi advertido por criminalistas que isso é praticamente impossível.

A cervejaria aparece nas planilhas da Odebrecht apreendidas pela Operação Lava Jato.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Revista Exame destaca a MRN como a 4ª melhor empresa de mineração do país

Revista Exame destaca MRN como a 4ª melhor empresa de mineração do país, Porto Trombetas, da MRNPorto Trombetas, em Oriximiná

A edição especial de julho da Exame, que contém o ranking Melhores & Maiores 2015, destaca a Mineração Rio do Norte (MRN) como a empresa de mineração com o melhor desempenho nos quesitos rentabilidade e riqueza por empregado.

A revista também avaliou a MRN como uma das melhores empresas brasileiras de mineração (4º lugar).

Leia também – Justiça aplica multa de R$ 100 mil na Celpa por atendimento ao público precário.

No ranking das 100 maiores empresas das regiões Norte/Nordeste, a MRN ficou na 39ª colocação, saltando 26 posições na comparação com o resultado registrado em 2014.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Página 1 de 3123
Videos
Canal direto
Canal Diteto
Prestação de Contas
Twitter


Colunistas
Sites e blogs
Publicidade