Blog do Jeso

Trairão

Justiça Eleitoral aciona coronel da PM em processo de cassação de prefeito

Carlos Oliveira, coronel do CPR-X, foi oficiado a liberar um cabo da PM para audiência na próxima semana

Coronel Carlos

O coronel e atual comandante do CPR-X (Comando de Policiamento Regional), em Itaituba, Carlos André Paulo de Oliveira [foto], recebeu ofício da Justiça Eleitoral para que apresente um cabo da PM para testemunhar em processo de cassação do prefeito eleito de Trairão, o tucano Django Ferreira.

O processo (mais precisamente uma AIJE, Ação de Investigação Judicial Eleitoral) tramita na 34ª Zona Eleitoral, com sede em Itaituba e abrangência sobre Aveiro e Trairão.

A audiência das testemunhas está marcada para o próximo dia 17, quarta-feira, às 13h.

Django é acusado de captação ilícita de votos na eleição do ano passado.
 
CONTAS
 
Ele venceu a eleição com 46,9% dos votos válidos do município, contra 32% obtidos pelo candidato Porto da Farmácia, do PSC.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Contas com ressalvas do novo prefeito de Trairão chegam ao TRE

Django Ferreira teve as suas contas aprovadas com ressalvas em 1ª instância. O MPE recorreu da decisão

Contas com ressalvas do novo prefeito de Trairão chegam ao TRE, django ferreira, de TrairãoDjango Ferreira é do PSDB

 
Subiu para o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Pará os autos da prestação de contas da campanha de 2016 do prefeito eleito e empossado de Trairão, no oeste do Pará, Django Ferreira (PSDB).

Em 1ª instancia, as contas foram aprovadas com ressalvas – sentença proferida pelo juiz Cherbel Abdon Harber Jehá, da 34ª ZE Zona Eleitoral (Itaituba, Aveiro e Trairão).

Neste link, a íntegra da decisão.

O MPE (Ministério Público Eleitoral) recorreu, e o caso subiu para 2ª instância.

O relator do processo no TRE já foi definido. Trata-se do juiz Carlos Jehá Kayath.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Contas de campanha de prefeito eleito do PSDB é aprovada com ressalvas

Django Ferreira, de Trairão, foi eleito pela coligação Unidos pela Mudança, formada pelo PSDB, PSB e PTC

Contas de campanha de prefeito eleito do PSDB é aprovada com ressalvas, Trairão, vista aéreaVista aérea da cidade de Trairão, no oeste do Pará

Prefeito eleito de Trairão com 46,91% dos votos válidos, Django Ferreira (PSDB) teve a prestação de contas de sua campanha neste ano aprovada com ressalvas pela Justiça Eleitoral.

A sentença, em 1º grau, foi proferida pelo juiz Cherbel Abdon Harber Jehá, da 34ª ZE Zona Eleitoral (Itaituba, Aveiro e Trairão).

Neste link, a íntegra da sentença.

Django disputou a eleição por uma aliança formada pelo PSDB, PSB e PTC – a coligação Unidos pela Mudança.

A coligação adversária Unidos por um Trairão Melhor, formada pelo PSC, PR, SD, PRB e PTB, pontou, em representação contra Django na Justiça Eleitoral, irregularidades supostamente ‘insanáveis’ nas contas de campanha do tucano, como serviços de produção de mídia digital nas redes sociais, cujas despesas não teriam sido incluídas nas despesas.

Recursos desconhecidos

O prefeito eleito, conforme a Justiça Eleitoral, recebeu doações na ordem de R$ 48.371,21. As despesas somaram R$39.576,21, sendo que o limite de gastos foi de R$ 108.039,06.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Disputa para presidência da Câmara de Trairão será entre PTB e PSDB

João Natanael, do PTB, reeleito, e o novato campeão de votos Dinda Palmiteiro, do PSDB, estão na disputa

Disputa para presidência da Câmara de Trairão será entre PTB e PSDB, João Natanael, vereador de Trairão

A disputa para presidência da Câmara de Vereadores de Trairão, oeste do Pará, será entre o reeleito João Natanael (PTB – foto) e o novato Dinda Palmiteiro (PSDB).

Nas urnas deste ano, Dinda foi o vereador mais votado do município, com 512 votos.

Leia também
Voto mais caro entre os eleitos do município de Trairão foi de R$ 21,39

Mas agora é uma nova partida, com bola ao centro e placar zerado.

Professor e mais experiente no parlamento, João Natanael leva vantagem no confronto.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

PF prende caçadores em Trairão que publicaram foto de onça morta na internet

Leocir, Jones e Abelar, segundo a PF, são caçadores profissionais. As fotos foram postadas no último dia 2

PF prende caçadores de Trairão que publicaram foto de onça morta na internet, caçadores do Trairão

O ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), em ação conjunta com o Ibama e a Polícia Federal, efetuou no último sábado a prisão em flagrante de três caçadores que haviam publicado em redes sociais imagens de uma onça pintada morta. A informação é do jornal O Globo.

Eles foram detidos no município de Trairão, no oeste do estado do Pará, e a prisão foi registrada na Delegacia da Polícia Federal de Santarém.

Leia também – Os 10 maiores rebanhos bovinos da região, segundo a Sefa.

— Foi uma resposta rápida do ICMBio — disse Lívio Araújo Brito, delegado da PF em Santarém. — As fotos começaram a circular no dia 2, e a prisão aconteceu três dias depois.

Foram presos Leocir da Silva, Jones Felipe Antônio e Abelar Dewes.

Porte ilegal de armas

Com eles, os agentes encontraram dois rifles calibre 22, munição própria para caça, vários cães treinados e a carcaça de dois animais: um veado mateiro e uma ave jacutinga.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Voto mais caro entre os eleitos do município de Trairão foi de R$ 21,39

João Natanael, do PTB, diminuiu o custo de sua votação neste ano em relação a de 2012, quando se elegeu pelo PR

João Menezes e Luiz Cutia, do TrairãoJoão Natanael e Luiz Cutia, o maior e o menor custo por voto em Trairão

Candidato a vereador pelo PTB, João Natanael Sousa, 38 anos, foi quem teve a maior despesa por voto entre os 11 eleitos para o cargo no município de Trairão, no oeste do Pará. Cada voto dele custou R$ 21,39.

Esse valor é 4,2 vezes maior que a votação mais barata, a de Luiz Riffel, o Luiz Cutia, eleito pelo PMDB, com custo de R$ 5,00 por voto. Esses dados foram levantados pelo Blog do Jeso junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Leia também – Mulheres com votação zero em Monte Alegre chega a quase 31%.

Para se chegar a esses valores, o blog dividiu as despesas de campanha declaradas pelo candidato à Justiça Eleitoral pelo número de votos que ele obteve na disputa pelo cargo de vereador.

Reeleito, João Natanael foi o que mais arrecadou no Trairão entre os eleitos – R$ 10.680,40. Gastou R$ 4.000,40 e obteve 187 votos.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Punido pelo TCE, tucano terá que devolver 100 mil

Ademar Baú

Ademar Baú, ex-prefeito tucano do município de Trairão.

Por irregularidades na prestação de contas de um convênio firmado em 2000 entre a Prefeitura de Trairão e a pasta estadual de Saúde (Sespa), o ex-prefeito trairense foi condenado pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) a devolver aos cofres públicos quase R$ 100 mil.

Neste total, estão incluídas duas multas – R$ 5 mil e R$ 400.

O montante sem as multas chega é de exatos R$ 86.127,53.

Ademar Baú é filiado ao PSDB.

Na eleição do ano passado, foi derrotado nas urnas pelo atual prefeito de Trairão, Danilo Miranda (PMDB).

Leia também:
Falecido, ex-prefeito é convocado pelo TCM.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Prefeito de Uruará eleito presidente da Amut

Novo prefeito de Uruará, o pedetista Banha (Everton Moreira) foi eleito, por aclamação na manhã de hoje (26), presidente da Amut (Associação dos Municípios das Rodovias Transamazônica, Santarém-Cuiabá e Oeste do Pará).

Ele herda o cargo do ex-prefeito Aparecido (Rurópolis).

O vice-presidente da entidade agora é Danilo Miranda (Trairão).

Leia também:
Fora de foco.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

3 médicos vão custar R$ 1,5 milhão ao Trairão

A contratação de apenas 3 médicos pela Prefeitura de Trairão vai custar aos cofres públicos do município, no decorrer de 2013, quase R$ 1,5 milhão.

Os contratados pelo prefeito Danilo Miranda (PMDB) são:

Valdir Simon (cirurgião geral): R$ 377.056,32/ano

Alberto Junio (clínico geral): R$ 412.611,96/ano

Myrian Patino Cuba (médica auditora): R$ 341.500,80

Em média, cada um receberá cerca de R$ 30 mil por mês.

Leia também:
Prefeitura coloca ações da Celpa à venda.
Prefeito altera capital social para licitação.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Trairão em dívida

A delegacia da Receita Federal do Brasil (RFB) em Santarém errou e, ato contínuo, corrigiu o erro.

Em outra palavras: a Prefeitura de Trairão conseguiu certidão positiva para efeito de débitos previdenciários junto à RBF, mas se descobriu depois que ela ainda possui dívida pendente.

Diante disso, Trairão teve a sua certidão positiva cancelada.

Leia também:
Menos torpedos para a ex-prefeita.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Página 1 de 3123
Videos
Canal direto
Canal Diteto
Prestação de Contas
Twitter


Colunistas
Sites e blogs
Publicidade