Ufopa realiza pesquisa sobre travestis, transexuais e transgêneros em Santarém

Travestis, transexuais e transgêneros maiores de 18 anos e que residam em Santarém, oeste do Pará, podem participar como voluntários de uma pesquisa científica desenvolvida pelo Instituto de Saúde Coletiva (Isco), da Ufopa (Universidade Federal do Oeste do Pará).

A pesquisa é iniciativa do professor Rui Harayama e intitulada “Os desafios e impasses à garantia dos direitos à saúde da população travesti, transexual e transgênero no município de Santarém – PA”.

 

Ela foi autorizada pelo Comitê de Ética em Pesquisa, da Ufopa, e consiste em uma entrevista de profundidade que abordará as percepções sobre acesso aos serviços de saúde dessas populações.

As interessadas e os interessados em participar podem entrar em contato através dos e-mails sabrinaoliveira485@gmail.com e rui.harayama@ufopa.edu.br.

Ou ainda pelo telefone (93) 99110-6640.

Com informações da Ufopa

— LEIA também: Auditor preso pela Lava Jato chegou a ser cogitado para o comando da Receita Federal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *