Juiz pede ao MP abertura de inquérito contra vereador por obstrução da Justiça
Airton Souza: obstrução da Justiça, segundo o juiz da Vara Agrária. Foto: Reprodução

Em despacho na terça-feira (15), o juiz Manuel Carlos de Jesus Maria, da Vara Agrária de Santarém (PA), determinou que o MPPA (Ministério Público do Pará) seja “oficiado” sobre a “instauração de procedimento” contra o vereador Airton Souza (PSD), de Monte Alegre, por crime de obstrução da Justiça.

De igual modo, o magistrado ordenou que fosse remetido ofício ao presidente da Câmara de Monte Alegre, Jorginho Andrade (MDB), para que apure a responsabilidade de Airton Sousa no episódio de ameaça ao oficial de Justiça Nilton Vinholte.

— CONFIRA: Nova corregedora da Polícia Civil no Baixo Amazonas e Tapajós forma equipe; confira

 

O crime de obstrução de Justiça ocorreu nesta semana, quando Vinholte foi ameaçado pelo vereador ao receber intimação da Justiça, para audiência de conciliação de um processo agrário. O sargento da PM Alberico, que acompanhava o oficial de Justiça, também recebeu ameaça.

O sindicato que representa a categoria dos oficiais de Justiça repudiou a atitude do parlamentar.

Quarto mais votado em Monte Alegre na eleição de 2020, Airton de Souza Amaral pode ser punido pela Câmara por quebra de decoro parlamentar. Ontem (16), a Casa recebeu o ofício, cuja cópia pode ser lida abaixo.

Ofício do juiz à Câmara de Monte Alegre e MPPA by Blog do Jeso on Scribd


Assine e participe, comente no canal do Blog do Jeso no Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *