8 comunidades quilombolas de Oriximiná recebem serviço de internet da MRN, Instalacao_wifi_Boa_VistaInstalação da internet na comunidade de Boa Vista. Foto – MRN/divulgação

 
Boa Vista, Cachoeira Porteira, Abuí, Curuçá-Mirim, Jarauacá, Nova Jerusalém, Água Fria e Jauari são 8 comunidades quilombolas localizadas na área de influência da Mineração Rio do Norte (MRN), município de Oriximiná, no Baixo Amazonas, contempladas com a instalação de antenas de internet via satélite e computadores que ficarão a serviço de associações e de lideranças comunitárias.

Até o final de abril, o serviço estará totalmente funcional.

Leia também
6 motivos que levaram MPT e sindicato a pedir bloqueio de R$ 200 mil da TV Guarany

O acesso à internet vai facilitar a comunicação entre as associações de moradores e a resolução de questões de interesse das comunidades.

A instalação do serviço é uma ação do programa Territórios Sustentáveis, que é patrocinado pela MRN, maior produtora brasileira de bauxita (matéria-prima do alumínio).

MINERAÇÃO

A Mineração Rio do Norte (MRN) é a maior produtora brasileira de bauxita, matéria-prima do alumínio. Uma empresa constituída por uma associação de empresas nacionais e estrangeiras que desde 1979 opera em plena Amazônia, no oeste do estado do Pará.

O negócio da MRN é extrair, beneficiar e comercializar bauxita.

Com informações da MRN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *