Entra em operação, a partir do dia 1º de janeiro, uma termoelétrica em Santarém com capacidade de 10MW, “de forma excepcional e temporária”, segundo portaria do Ministério da Energia publicada hoje (24) no DOU (Diário Oficial da União).

Leia também:
Celpa pede à Aneel a 3ª usina para Santarém.

Blog do Jeso | corte de energiaA usina é para minorar os efeitos da elevada demanda por energia no município, além da melhoria da prestação do serviço, alvo de constantes desligamentos.

Ela deverá funcionar até que o novo linhão do Tramoeste, com transmissão de 230KV, entre operação. A previsão é para o primeiro trimestre de 2015.

Abaixo, a matéria na íntegra sobre a termoelétrica da Agência Estado:

Estrelinha

Portaria do Ministério de Minas e Energia, publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira, 24, reconhece a necessidade emergencial de geração de energia elétrica, no montante de 10 MW, de forma excepcional e temporária, no município de Santarém (PA).

Para a geração da energia, a Usina Termelétrica Santarém (UTE Santarém) será acionada a partir de 1º de janeiro até que entre em operação a “solução estruturante para suprimento às cargas do Tramo Oeste”.

Ainda de acordo com a portaria, os custos fixos e variáveis associados à geração de energia elétrica pela UTE deverão ser aprovados e autorizados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e serão cobertos por meio do encargo destinado à cobertura dos Custos do Serviço do Sistema.

Em reunião realizada em novembro deste ano, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) apresentou nota técnica referente à região oeste do Pará, denominada Tramo Oeste, relatando que o sistema de transmissão, de grande extensão, vinha apresentando “elevado carregamento e, em consequência, desligamentos de colapso de tensão”.

Em razão disso, uma das ações de curto prazo e emergencial destacada é exatamente a instalação de um montante de 10 MW de geração térmica em Santarém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *