Dor e respeito. Não deixem que te desrespeitem. Por Luanna Silva

As vezes esquecemos disso, mas todos sentimos dor. Ou imaginamos que ninguém mais a sente, além de nós. Ou só vemos a dor do outro. Como se não sentíssemos isso também.

Dois extremos delicados.

Luanna Silva *

Os outros sentem dor. Têm suas experiências tristes, seus traumas, seu passado. Devemos respeitá-los. E devemos também, respeitar quando dói na gente.

Silenciar, guardar, fingir que está tudo bem, não resolve o problema.

E não te faz parecer mais forte. Isso te deixa invisível: “Se isso não magoa, então eu posso fazer mais vezes”. Uma nítida e cruel covardia.

Você não pode deixar que desrespeitem você.

Nem você mesmo!

Porque ignorar uma dor, é ser desrespeitoso. Por que você faria isso consigo?

— LEIA também de Luanna Silva: Dar a vida, história de luta: nasceu Rudá Arapiun.

O que você sente é real, é tem importância. Não deve jamais ser ignorado.

É uma coisa que você precisa defender, seu sentimento, seu momento, o modo como você o vê. Isso é lutar por si, é se perceber, se acolher!

Eu digo, você merece isso: Se pertencer <3.

 

— * Luanna Silva, mora em Santarém, onde se fez e concluiu curso superior em Psicologia. Escreve regularmente no BJ.


Assine e participe, comente no canal do Blog do Jeso no Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *