Safra de grãos do Pará em marco cai 6%; houve redução também na área plantada, Soja na RM de Santarém

A safra de grãos do Pará apresentou uma estimativa de 2,42 milhões de toneladas a serem produzidas em 2019 no mês de março. Esse resultado indica uma redução de 6% em relação a previsão do mesmo período no ano anterior, com 2,57 milhões.

As informações são da pesquisa LSPA que faz uma atualização mensal da previsão de safra anual do estado.

Em comparação a fevereiro para 2019, a produção teve uma diminuição de 799  toneladas nos grãos. O que manteve o estado em estabilidade, já que o aumento não chegou a totalizar mil toneladas.

Além disso, o resultado colocou o Pará como o 13° maior estado neste tipo de produção, com a liderança do Mato Grosso (62,1 milhões) e em última colocação o Rio de Janeiro (7,9 mil).

 

Com 826 mil hectares de grãos previstos para 2019, a previsão de março também foi menor que as expectativas do ano anterior que previam uma área 3% maior. Essa redução está relacionada também a menor safra para 2019 do produto já que este depende de uma área de plantio maior.

Com 3,87 milhões de toneladas previstas para 2019, o estado mantém liderança na produção da mandioca, e ficou na frente do Paraná com 3,78 milhões.

O último colocado da lista é o Distrito Federal, com 19 milhões previstos para o período. Além do ranking positivo, o produto também teve previsão 5,5% maior que a safra de 2018 (3,76 milhões) para o mês.

SOJA

A soja, segunda maior produção do estado, registrou produção de 1,62 milhões para a safra de 2019.

O resultado foi menor do que as 1,63 milhões de toneladas previstas para o ano anterior. É possível que a previsão caia ainda mais no próximo mês por conta da queda da ponte sobre o Rio Moju e chuvas fortes na região que prejudicam a logística do produto.

Enquanto a cana-de-açúcar teve previsão de 918 mil toneladas, o que foi inferior às 927 mil previstas para o ano anterior.

Fonte: IBGE

Leia também:
Inflação no Pará desacelera em março com 0,49%; no ano, o acumulado é de 4%

  • 17
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *