Iran Cruz e Josevaldo França

Iran e Josevaldo: o beijo que selou a união do casal

Um santareno (Jasson Iran da Cruz) estava entre 18 casais participantes do 1º casamento LGBT (Lésbicas, gays, bissexuais e travestis) coletivo do Brasil, realizado há 2 dias em Belém.

A Defensoria Pública do Pará foi quem tomou a iniciativa do evento.

Professor do Some (Sistema Modular de Ensino), Iran casou com Josevaldo França, o Princeso.

– Obrigado, defensores públicos Rossana Parente, Ray Carlos, o movimento LGBT de Belém, ao Governo do Pará e as demais personalidades que se sentirem colaboradoras desse processo que culminou em nosso casamento civil. Muito obrigado meu Deus! – disse Iran ao blog.

Para ele, com a inauguração, anteontem, da subsede da Defensoria Pública em Santarém, as portas ficaram abertas para que outros casais possam oficializar casamentos civis na região do Baixo Amazonas.

Iran Cruz e Josevaldo França

Iran, à esq., é professor da rede estadual de ensino

  • 35
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

25 Comentários em: Casamento gay: santareno entre os noivos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Lucas Arantes disse:

    Parabéns felicidades

  • Sônia Barroso disse:

    Iran, não sabia que era vc! Li a matéria por curiosidade… Parabéns ao casal e que Deus abençoe esta união! Parabéns também aos que organizaram. Pela primeira vez, o Pará na frente com uma notícia positiva. Abaixo o preconceito! O amor é o que importa verdadeiramente. Bjs!

  • Roseli Evangelista disse:

    Iran, parabéns que vc seja ainda muito mais feliz do que vc é. Fiquei muito feliz por vc, que Deus abençeo sempre seu lar e te conceda tudo o que vc merece. Lili

  • Antonio Jequitibá disse:

    Deixemos a opção sexual de cada um em paz. Tem muita coisa mais importante para nos preocupar, por exemplo, como escolheremos nosso administrador mor do município santareno!!

  • Hitamar Santos disse:

    Rapaz, isso é uma vergonha. Onde nós chegamos?
    Por influência de alguns do mesmo tipo, ‘legalizaram’ essa pouca vergonha que é imoral e uma afronta à familia.
    Esse tipo de gente que passe bem longe… é uma ofensa a minha postura masculina,

    1. Macho disse:

      Se continuar assim com essa senvergonhice, num período não muito distante a espécie macho estará em extinção.

    2. Galvão disse:

      Concordo com vc Hitamar, sem comentários…
      Sem esquecer, uma verdadeira senvergonhice como dizia minha avó que tem nojo disso.

      1. Afavordafamilia disse:

        Onde nós chegamos?
        Não sou nem nunca serei a favor de tal ato nojento.
        Ok, cada um vive do jeito que quer. Mas daí pedir que Deus abençoe algo que para Ele é abominável é demais não?
        Já leram 1 Co 6:10? (Sim, está escrito na Bíblia daquele mesmo Deus de quem todo mundo quer benção, proteção…)
        Ok, vou ajudar. Lá está escrito assim: “Não erreis, nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas…
        Parêntese: alguém aí precisa saber o que é sodomita?
        … nem os […] herdarão o reino de Deus.
        Por favor, não coloquem Deus nisso.

  • Sara disse:

    Parabéns!! Vocês foram em busca da felicidade. Não são como certos “homens” que se casam, tem filhos, só para dar uma satisfação à sociedade, e ficam infelizes. E o pior, depois traem as suas esposas, com qualquer um que fica na esquina.

  • Tiberio Alloggio disse:

    Parabéns para o Casal Iran e Josevaldo,

    Muita felicidades !

    Tiberi Alloggio

    1. Jasson Iran M. da Cruz disse:

      Muito obrigado Tibério.. Deus te retribua com felicidades o que desejas pra nós

  • anonimo disse:

    Aí falam que amazonense é gay, o que dizer agora santareno?

    1. Jasson Iran M. da Cruz disse:

      Amigo, aprenda para viver melhor com sabedoria. A questão da identidade sexual não é geográfica. Graças a sabedoria de Deus (Natureza), gay tem em todos as sociedade desde que o mundo é mundo. É claro gay tem muito no estado do Amazonas. Vc mesmo, com esse preconceito. Será que vc conhece plenamente sua sexualidade? Será que vc não está tentando se esconder atrás dos seus preconceitos? Vá viver sua vida deixe a dos outro de lado. Isso é coisa de Mariquinha.

  • Os nossos parabéns ao sociólogo Jasson Iran, que depois de seis anos de luta nos bastidores finalmente conseguiu alcançar uma grande vitória jurídica ao assinar o documento que oficializa seu casamento com o “Princeso”. O estado do Pará deu um grande passo rumo a consolidção da sua democracia.

    1. Jasson Iran M. da Cruz disse:

      Obrigado Elédio. Vc sim sabe respeitara as pessoas e a diversidade humana e sexual. Parabéns. Tem filhos muito educados por causa disso… Abraço

  • FRANCISCO DAS CHAGAS SILVA disse:

    ACHO LINDO E APOIO

    EU QUERO É SABER: QUEM VAI TER CÓLICAS, QUE VAI MENSTRUAR, QUE VAI DIZER: HOJE NÃO AMOR, TÔ COM DOR DE CABEÇA. QUANDO O BEBÊ CHORAR DE MADRUGADA, QUEM VAI LEVANTAR PRA VER, REUNIÃO DE PAIS E MÃES NA ESCOLA: QUEM VAI?… E SE UM MORRER, QUE DEUS NOSLIVRE DISSO, O QUE FICA VIVO, VAI SER VIÚVO OU VIÚVA ???? ( ALGUÉM ME AJUDA AÍ, NÃO SEI MAIS SE TEM O ACENTO AGUDO!!!)…

    CHAGUINHA AD

    1. Jasson Iran M. da Cruz disse:

      Obrigado pelo comentário sr. Francisco.. Muito jocoso. Mas respondendo, já vivíamos juntos desde 10/02/2007. Então, cólicas são dores, até vc pode ter, é uma questão de saúde. Nos nos anos de convivência que temos, nunca nenhum de nós menstruamos e a menstruação não é um processo que se dá a partir do casamento, tem outra natureza, a feminina e seus aparelhos reprodutores, é coisa de mulher, não queremos isso pra nós. Dor de cabeças todos temos. Hoje mesmo acordei com uma ressaca e dor de cabeça. Isso é humano e não resulta de casamento também. Não vamos parir, mas quem sabe lá mas na frente, adotar. Mas poderemos pagar uma babá de tempo integral. Na escola, qualquer responsável pode ir, esse é o menor dos problemas. A quan a morte q é natural, se morrermos separadamente, um ficará viuvo. Não existe mulher no nosso abençoado casamento.

      1. ??? disse:

        Então o nome correto nao seria união estável, ao invez de casamento?

  • juquinha disse:

    Emocionante!… De deixar a gente de queixo caido…

    É impressionante como o amor nao tem limites…

    O importante é a pureza do amor entre os dois que agora se tornam um só.

    Acredito que ajudarao a criar e cuidar, como bons educadores, pais ou responsáveis, os filhos gerados por outros…

    Parabéns ao casal e que sejam muito felizes até o fim da vida.

    O juquinha manifesta seu apoio incondicional ao movimento GLBT. Parabéns a todos pela conquista!…

    O juquinha nao tem dessa nao de preconceito… Vamo que vamo para a liberdade total!

    1. Jasson Iran M. da Cruz disse:

      Isso mesmo Juquinha, vc capitou a mensagem e o objetivo do casamento com inteligência. Parabéns mesmo.

  • Alessandra disse:

    Felicidades aos noivos!

  • Hetero disse:

    Não sou sou homofobico, devemos sempre quebrar os paradigmas, mas certas coisas tem uma ordem natural que são insuperaveis, homem é homem e mulher é mulher simples assim, e casal se forma com o sexo oposto, logo união do mesmo sexo não é casamento, que vem de acasalamento para continuidade da especia, no reino animal, não vou nem me ater na questão teologica apenas na natural,

    1. hetero2 disse:

      Concordo em gênero, numero e grau. casamento gay. putaquepariu em

      1. Jasson Iran M. da Cruz disse:

        E ainda tem a coragem de se contradizer, dizendo que não é homofóbico, puta que pariu digo eu. Todo tipo de burrice é superável. A Humanidade só é o que é se desenvolveu ao ponto que chegou porque quebrou paradigmas e atravessou tabus justificado como “ordem natural”. Não é simplesmente assim “homem é homem e mulher é mulher.” Somos seres humanos, agraciados com a complexidade que aos burros não é dada a revelação e aceitação da verdade e do conhecimento. Vcs precisam voltar para a escola. Nem para a reprodução humana é mais necessário o acasalamento. A biogenética está aí para trabalhar milagrosamente a fertilidade de mulheres independente que desejam ser mães. E o nosso casamento é para que ambos tenhamos a proteção do Estado em torno do nosso núcleo familiar. Proteger nosso patrimônio, nossa vida agora e quando tivermos idosos. Não é só pra um fuder o outro como deve ser em sua família.

        1. HETERO disse:

          Puta que pariu digo eu, a ciencia nunca vai substituir a natureza sempre será necessário de ovulos, espermatozoides, celulas tronco, quando aos seus direitos civís respeito e sou de acordo, e para seu conhecimento homofobico é aquele que tem terror de homosexuais, o que não é meu caso, pois tenho amigos com preferencias homo sexuais e muitas vezes quando preciso contrato profissionais extremamente competentes que são homo, quanto a fuder veio, é a melhor coisa do mundo, em nenhum momento tive a intenção de ofende-los mas se um comentário tão natural te ofende tanto é porque voçe sabe que tenho razão embora seja contra teus desejos.Sinceramente faço votos que sejam muito felizes, da mesma maneira que queres ser respeitado, respeite a opinião alheia tambem. embora não concordand com ela.