Rômulo Nogueira de Brito foi quem tomou a decisão. Que também atinge a vice-prefeita Maria José Maia

Justiça determina condução coercitiva do ex-prefeito Lira Maia ao fórum, Erasmo e Lira Maia, inelegíveisErasmo, o sobrinho, autor da queixa-crime, e Lira Maia, o tio

Expedido mandado de condução coercitiva ao ex-prefeito multiprocessado de Santarém Lira Maia (DEM), arrolado como testemunha em um processo de queixa-crime em tramitação do fórum do município.

A decisão foi proferida pelo juiz Rômulo Nogueira de Brito, da 2ª Vara Criminal de Santarém. Confira a íntegra no Ler Mais, abaixo.

Leia também:
Repasse de royalties da bauxita para Terra Santa volta a crescer.

Também foi expedido igual mandado para a atual vice-prefeita, e vereadora recém-eleita, Maria José Maia (DEM), irmã de Lira Maia.

Os dois são testemunhas no processo movido pelo vereador Erasmo Maia (DEM) contra o blogueiro Hiromar Cardoso, o Xaropinho. Erasmo é sobrinho do ex-prefeito santareno.

Nem Lira Maia e muito menos sua irmã compareceram à audiência de instrução e julgamento da queixa-crime, ocorrida em fevereiro deste ano, ainda que os dois tenham sido notificados.

A próxima audiência está marcada para 30 de janeiro de 2017, às 9h.

Abaixo, a íntegra do mandado contra Lira Maia.

[pdf-embedder url=”https://www.jesocarneiro.com.br/wp-content/uploads/2016/11/condução-coercitiva.pdf” title=”conducao-coercitiva”]

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Justiça determina condução coercitiva do ex-prefeito Lira Maia ao fórum

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • assim falou Golbery disse:

    Depois dos espetáculos grotesco envolvendo os cotados do Cabral e Garotinho, já se deveria ter pensado que em tais casos se fosse ouvir a pessoa na sua casa e de preferência se desse uma verba para que pudesse comprar um rede para que ficasse mais confortável