TRE marca para 5ª retomada do julgamento de cassação do prefeito de Monte Alegre

Publicado em por em Justiça, Monte Alegre, Política

TRE marca para 5ª retomada do julgamento de cassação do prefeito de Monte Alegre
O julgamento pelo TRE-PA do recurso contra cassação iniciará às 9h30 de quinta-feira. Fotos: Arquivo JC

Marcada para a próxima quinta-feira (10), pelo TRE-PA (Tribunal Regional Eleitoral do Pará), a retomada do julgamento do recurso contra a cassação do prefeito e do vice de Monte Alegre (PA), Matheus Almeida (MDB) e Cabo Leonardo (PL), respectivamente.

Eles são acusados de abuso de poder econômico e político nas eleições de 2020, quando foram eleitos para o cargo. Em sentença de 1º grau, Matheus e Leonardo foram penalizados com cassação e inelegibilidade de 8 anos.

O ex-prefeito Jardel Vasconcelos (MDB), que teria azeitado a máquina pública montealegrense em favor dos seus 2 aliados, também pegou pena de inelegibilidade de 8 anos.

A retomada do julgamento ocorrerá 142 dias depois do pedido de vista de Diogo Seixas Condurú, um dos integrantes da corte eleitoral paraense. Ele será o 3º a votar sobre o caso.

Matheus Almeida, atual prefeito de Monte Alegre: retomada do julgamento na 5ª

A relatora do recurso de apelação, juíza federal Carina Cátia Senna, votou pela manutenção da sentença de primeiro grau – ou seja, a cassação. O desembargador Leonan Gondim Jr., por sua vez, votou contra a sentença do juiz eleitoral Thiago Tapajós Gonçalves, de Monte Alegre, proferida em novembro do ano passado.

A sessão de quinta-feira iniciará às 9h30 – e será híbrida (presencial e online), com transmissão ao vivo pelo canal do TRE-PA no YouTube.

A sentença de 1º grau

Para o juiz Thiago Tapajós Gonçalves, o uso da máquina pública em favor do então candidato Matheus Almeida (e seu vice) foi explícita, conforme provas apresentadas nos autos da AIJE (Ação de Investigação Judicial Eleitoral), protocolada pela cidadã Lirley Nery Corrêa na Justiça Eleitoral em Monte Alegre.

O emedebista Matheus Almeida acabou ganhando a eleição por apenas 118 votos de diferença do segundo colocado na disputa, o tucano Anselmo Picanço.

  • JC também está no Telegram. Siga-nos e leia notícias, veja vídeos e muito mais.


Publicado por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *