Governo federal vai barrar criação de novos cursos de medicina por 5 anos, medicina

Na coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, hoje: 17:

O governo de Michel Temer vai decretar uma moratória para impedir a abertura de novos cursos de medicina no país. O prazo será de cinco anos.

O ministro Mendonça Filho (DEM-PE), da Educação, confirma a informação.

Segundo ele, o decreto para a adoção da medida já está na mesa do presidente, que deve assiná-lo até o fim do ano.

“Há um clamor dos profissionais de medicina para que se suspenda por um período determinado a abertura de novas faculdades, em nome da preservação da qualidade do ensino”, diz Mendonça.

Segundo ele, dois editais em andamento para a abertura de novos cursos, lançados ainda no governo de Dilma Rousseff, serão concluídos.

Leia também:
CRA do Pará arrecadou R$ 3,3 milhões, e não tem delegacia na região

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

4 Comentários em: Governo federal vai barrar criação de novos cursos de medicina por 5 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Universitario disse:

    Jeso caiu a máscara do Hugo Duende, que foi flagrado pedindo dinheiro dos empresários, em troca da Ufopa viabilizar o Porto do Maicá. A academia não aceita essa prática de negociata, no mínimo imoral. Será que não aprendeu com a Lava Jato?
    #foraduende

  • maria clara disse:

    Temer o bandido e sua quadrilha que diziam ser CONTRA CORRUPÇÃO!!!! Pobre BRASIL!!!!
    Apoiado pela JUSTIÇA CORRUPTA DO NOSSO PAÍS!!!!!

  • Jneto disse:

    Lobby médico. Se o governo se preocupasse com a qualidade dos cursos e nível superior já teria decretaria a moratória dos cursos jurídicos faz tempo. Ao contrário criou um curso jurídico ilegal de técnico jurídico, que não servirá para nada pois atividade técnica em Direito é privativa dos bacharéis em Direito segundo o Estatuto da Ordem do Advogados do Brasil. Enquanto isso, faltam curso médicos no Norte e Nordeste do Brasil e o governo mantém os médicos cubanos de qualidade duvidosa e não quer formar mais médicos no Brasil em regiões com carência.

    1. Jeso Carneiro disse:

      Concordo. Reserva de mercado, por conta do lobby dos homens da batina branca.