Indicado para o STF, Luis Roberto Barroso, durante encontro com senadores petistas. Foto: André Corrêa

“Nos debates do Supremo, há referências a não se reconhecer a renúncia após o início do julgamento, há manifestações de não se reconhecer a renúncia depois que o processo tenha sido pautado e de não se reconhecer a renúncia após o final da instrução”

Luís Roberto Barroso, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), brasil/131054/Barroso-STF-pode-n%C3%A3o-reconhecer-ren%C3%BAncia-de-Azeredo.htm" target="_blank">sobre a renúncia do mandato do ex-deputado Eduardo Azeredo (PSDB), como manobra de retardar análise do mensalão tucano e minimizar efeitos político-eleitorais do caso. Barroso é relator do processo.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Frase do dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Maralice disse:

    Ministro Barroso seja corajoso, aplique os rigores da Lei nesse mensalão tucano, que chega em vossas mãos.Que a nossa Corte de Justiça, não tema nenhum mensalão, seja PT, PSDB,e todas as letras do alfabeto.Tolerância zero para corrupção de todas as vertentes políticas, até ao time do coração!!!!