Belterra, Rurópolis e Faro em 3 toques: Mérito Dom Pedro, sangue e réus
São 4 os réus da ação ajuizada – e acatada – pelo MPF por uso irregular de verba da covid-19 em Faro. Arte: Célia Ilma/BJ

1. Belterra

Dr. Macêdo (DEM) é um dos 3 prefeitos paraenses – os outros 2 são Edmilson Rodrigues (Belém) e Renato Ogawa (Barcarena) – que receberão a Ordem do Mérito Dom Pedro II, grau oficial, a maior honraria concedida pelo Corpo de Bombeiros Militar do Pará anualmente. Justificativa: relevantes serviços prestados à corporação. A entregue será feita em Belém.

2. Rurópolis

Hemopa e Semsa (Secretaria Municipal de Saúde) fecharam convênio que tem como objeto o fornecimento de sangue e hemocomponentes examinados e liberados pelo hemocentro estadual aos pacientes do hospital municipal de Rurópolis. O prazo é de 60 meses. O convênio foi assinado no último dia 30.

3. Faro

São 4 ao todo – 2 ex-servidores públicos e 2 empresários – que viraram réus na ação penal por uso irregular de verba da covid-19, conforme o BJ (Blog do Jeso) noticiou no mês passado. Além de Victor Guerreiro Almeida e Izabel Guimarães Pinto, ambos ex-titulares da Semsa, aparecem no polo passivo da ação ajuizada pelo MPF Durval Pereira de Vasconcelos Filho e Kedma Azevedo Venceslau.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *