Nestes tempos tecnológicos, as câmeras dos smartphones substituem tranquilamente outros tipos de câmeras, facilitando a vida de quem gosta de documentar com imagens as experiências diárias, as viagens ou eventos especiais, como aniversários e encontros com amigos.

Por esse motivo, é fundamental que o smartphone possa fazer fotos diurnas e noturnas de excelente qualidade. Mas que características deve ter uma boa câmera de um smartphone?

Características importantes que devem ter as boas câmeras dos smartphones

Na hora de comprar um celular é muito comum prestar atenção nos dados técnicos e ao tamanho e design do dispositivo. Mas se tirar boas fotos é uma das necessidades ou vontades do consumidor, é necessário saber, por exemplo, que a quantidade de megapixels não é um fator decisivo.

Mas sim o tamanho dos megapixels, porque quanto maior seja o tamanho mais luz poderá entrar e, em conseqüência, as fotos serão melhores quando há pouca iluminação, especialmente em fotos noturnas.

O mercado dos smartphones é enorme, há muitos dispositivos Android e iOS com excelentes câmeras traseiras duplas, com três lentes, com quatro lentes, com grande angular, com zoom e com câmeras para selfies fantásticas e edição pré e pós captura fotográfica. A variedade de dispositivos com boas câmeras é enorme. Porém, como escolher o melhor dispositivo pela câmera? 

Escolhendo as características mais importantes

smartphone cameras

A resolução: Já foi dito que a quantidade de megapixels não é importante, ela só define o tamanho da imagem. Quanto maior o tamanho, maior a informação. Por exemplo: tirar uma foto de uma bela paisagem com uma resolução de 5 megapixels não terá o mesmo resultado que com uma resolução de 20 megapixels. 

O mínimo ideal seria de 12 Mp, porque com essa resolução é possível ampliar a imagem para ver ou editar algum detalhe. Por outro lado, uma câmera de 41 Mp não seria conveniente, porque a imagem ocuparia muito espaço e o hardware não conseguiria tirar uma foto com uma boa velocidade. O resultado seria uma imagem tremida.

É bom lembrar então que, uma resolução muito pequena dará uma foto com poucos detalhes e uma resolução muito alta dará uma câmera com um obturador lento demais.

A abertura: a abertura da câmera indica se a lente irá captar muita ou pouca luz. Como saber o tamanho da abertura? É muito simples: o dado está indicado através de uma letra ‘f’ minúscula com um número decimal posterior. Quanto menor for o número depois da letra ‘f’, maior será a captação de luz. Contudo, teoricamente a imagem terá menor profundidade de campo, mas isso dependerá do software do smartphone.

A grande maioria dos smartphones possui abertura que vai de f/2.2 a f/1.8. Para tirar fotos noturnas ou com pouca luz, o ideal é uma abertura de f/1.8 como mínimo, porque assim a lente captará mais luz.

câmeras de celular

O sensor: um sensor de pouca qualidade, mesmo com um excelente fotógrafo, não dará fotos boas. Não há no mercado muitos fabricantes de sensores para as câmeras dos smartphones. Portanto, o aconselhável é procurar todos os dados técnicos do sensor e também prestar atenção ao tamanho do pixel. Isso é realmente importante, porque quanto maior o tamanho do pixel, melhor absorção de luz e, em conseqüência, melhor qualidade fotográfica.

O estabilizador ótico: é um item muito importante para um excelente resultado de imagem. O estabilizador ótico de imagem tem como função a correção dos tremores na hora de tirar a foto. Esses tremores podem acontecer devido ao nosso pulso ou ao fato de, por exemplo, estar tirando uma foto dentro de um carro em movimento.

O estabilizador também é importante em relação à luz, porque quando há pouca luminosidade para tirar a foto, é necessária uma exposição maior, É quando o estabilizador entra no jogo, oferecendo maior nitidez e uma imagem sem tremores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *