Tribunal de Brasília marca para janeiro o julgamento de Lula em 2ª instância, Lula

O Tribunal Federal Regional da 4ª Região marcou o julgamento do ex-presidente Lula no caso do tríplex para o dia 24 de janeiro. A informação é da jornalista e colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

Nesta terça (12) o desembargador Leandro Paulsen, que integra a corte, tinha pedido à secretaria da 8ª Turma que marcasse a data para o julgamento.

Paulsen, que é o revisor do voto do desembargador João Pedro Gebran Neto, relator do caso, levou seis dias úteis para avisar que o processo já poderia entrar em pauta.

O caso de Lula tem tramitado em tempo recorde no tribunal, segundo reportagem da Folha. Foram 42 dias entre a condenação e o início da tramitação do recurso na segunda instância.

O relator Gebran Neto, por exemplo, levou 36 dia úteis para finalizar seu voto.

Foi o trâmite mais rápido entre todas as apelações da Operação Lava Jato com origem em Curitiba.

Os advogados de Lula pediram ao tribunal a ordem cronológica dos recursos de apelação desde a data da entrada até da apelação do petista.

“Pelo levantamento que fizemos, foi uma tramitação recorde. O que está em discussão é a isonomia de tratamento dada a Lula. Ele deveria ser tratado como todos os outros réus”, diz Cristiano Zanin, advogado de Lula.

A coluna confirmou a informação no gabinete do desembargador Paulsen.

Segundo a assessoria do magistrado, ele de fato já pediu data para o julgamento. Seu voto, no entanto, pode mudar até o dia da sessão, esclareceu a equipe do desembargador.

Leia também:
MP constata irregularidades na folha de pagamento da Prefeitura de Óbidos

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Tribunal de Brasília marca para janeiro o julgamento de Lula em 2ª instância

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *